Vivo e Tim integram a 16ª edição do Índice de Sustentabilidade da B3

Projetado pelo Freepik

As operadoras Vivo e TIM integram a 16ª carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, anunciada nesta semana. Essa composição do índice será usada entre 4 de janeiro de 2021 a 30 de dezembro. Essa é 9ª vez consecutiva que a Vivo aparece na classificação, e a 13ª da TIM.

O indicador aponta as companhias que se destacam por sua atuação sustentável, baseada em critérios de sustentabilidade corporativa, eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança.

Tanto a Vivo quanto a TIM possuem ações para acabar com a emissão de carbono e projetos para aumentar a inclusão e diversidade dentro da empresa.

A Vivo  conseguiu se tornar neutra em emissão de carbono este ano, além de ter entrado no ranking de sustentabilidade do Alas 20.

Enquanto a TIM estabeleceu metas para se tornar neutra em carbono até 2030, e reduzir 70% das emissões indiretas até 2025.

Neste ano, o índice reúne 46 ações de 39 empresas, em 15 setores, que juntas somam R$ 1,8 trilhão em valor de mercado. Ao todo, 78 empresas se inscreveram no processo, sendo 45 na categoria Elegível, enquanto outras 33 responderam o questionário na categoria Simulado.

As decisões são tomadas pelo Conselho Deliberativo do ISE B3 (CISE), que faz parte da carteira já há 15 anos. Atualmente, ele é composto por representantes da APIMEC, ABRAPP, ANBIMA, ETHOS, IBGC, IBRACON, IFC, GIFE, Ministério da Economia e ONU Meio Ambiente. No entanto, foi anunciada uma reestruturação do índice, o que inclui a as atividades referentes ao índice passam a ser realizadas pela Câmara Consultiva ESG, formada por membros do mercado da B3. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)