Vivo e Itaú testam conexão 5G em 3,5 GHz

A Vivo Empresas conectou com rede 5G uma agência do Banco Itaú localizada no bairro do Brooklin, zona sul de São Paulo.

Segundo Fábio Napoli, diretor de TI do Itaú Unibanco, a unidade foi escolhida por estar em uma região já contemplada com a infraestrutura necessária para a implantação do novo sinal, oferecido apenas em caráter de teste pela Vivo Empresas, por meio de uma licença experimental da Anatel, através da frequência de 3,5GHz.

“Trabalharemos para que possamos expandir a novidade para outras unidades em todo o Brasil, tão logo esse tipo de conexão esteja disponível em mais localidades do País”, afirma Napoli. Segundo ele, a nova tecnologia proporcionará mais velocidade tanto para os sistemas internos, quanto para a conectividade dos clientes via WiFi – dando a entender que o teste diz respeito a uma ligação sem fio para fornecimento de banda larga sem fio.

Como benefício imediato, a velocidade de conexão é o principal atrativo básico do 5G, permitindo um salto dos atuais 120 megabits por segundo (Mbps) para 600 Mbps – o que significa cinco vezes mais capacidade na transmissão de dados.

“A tecnologia 5G é fundamental para a digitalização Brasil, com potencial de mudar significativamente a forma como vivemos e como as empresas fazem negócios. A rede 5G em sua máxima potência poderá entregar altíssimas velocidades de internet, latência ultrabaixa, maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de dispositivos”, explica Debora Bortolasi, diretora de Operações Comerciais da Vivo Empresas. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!