Veja a evolução das páginas da web mais visitadas desde 1993, em um vídeo animado

Veja a evolução das páginas da web mais visitadas desde 1993, em um vídeo animadoA história da Internet está cheia de mudanças e transformações radicais. A rede que desfrutamos e compartilhamos hoje é muito diferente da que existia em meados da década de 1990, quando os computadores pessoais começaram a se tornar populares em todo o mundo. Naquela época, as redes sociais não existiam. Plataformas como Google, Facebook ou Amazon, não passavam de meras ideias de laboratório. Assim, devido a toda essa correria que se tornou a internet, nada melhor que  recordar. Sendo assim, veja a evolução das páginas da web mais visitadas desde 1993, em um vídeo animado.
Portanto, é interessante observar como o ranking das páginas mais populares evoluiu de 1993 até os dias atuais. Foi isso que a equipe da Visual Capitalist fez com esse vídeo. Começando no início dos anos noventa, quase trinta anos atrás, a animação reflete mudanças em nossos padrões de comportamento, a evolução da indústria de tecnologia e a ascensão (e declínio) de algumas das plataformas mais populares de todos os tempos.
No final de 1993, por exemplo, os principais repositórios de tráfego global eram três: AOL, Prodigy e Compuserve. O primeiro ainda existe hoje, embora sob o guarda-chuva da Verizon, e tinha pelo menos 2 milhões de usuários em 2014 (por mais incrível que pareça). Essa Internet deixou de existir depois da virada do século, mas já tínhamos algumas pistas do presente. O IMdb, por exemplo, já começa a aparecer, assim como o Bloomberg. Em 1996, a AOL continuou a liderar, seguida de perto por Yahoo, Geocities, Netscape e Webcrawler.

Veja a evolução das páginas da web mais visitadas desde 1993, em um vídeo animado

Veja a evolução das páginas da web mais visitadas desde 1993, em um vídeo animado

No final do século 20, em 1999, o panorama começou a mudar. O MSN se firmaria como um dos principais portais do planeta e duas plataformas passariam a sustentar o comércio digital. A Amazon já faz sua aparição (63 milhões de visitas por mês), seguida de perto pelo eBay. A indústria da informação começa a explorar as possibilidades. A BBC aparece com 44 milhões de visitas por mês, seguida por Lycos ou Yahoo.

Seis anos depois, o panorama mudou radicalmente. O Yahoo entrou em sua era de ouro, com mais de 6 bilhões de visitas por mês. O crescimento do Google já era inevitável naquela época, na terceira posição (1,8 bilhão de visitas) apenas superado pelo MSN. A AOL havia entrado em seu declínio, à medida que serviços diários como Weather.com (283 milhões) se infiltravam nas páginas mais pesquisadas. O Google ascenderia à primeira posição logo depois, em 2006, e a manteria até 2008, quando o Yahoo a recuperaria. A partir de 2010, porém, o domínio do mecanismo de busca se tornaria eterno (até hoje).

Pura nostalgia

Observar o panorama atual equivale a transportar-se para um tempo e lugar muito diferente não só de 1993, mas de 2006. Em 2016, as redes sociais se tornariam predominantes na internet: Facebook, YouTube, Baidu, Twitter, Instagram e VK conquistam as primeiras posições.
Também a Wikipedia, apesar de suas guerras internas e competição permanente (contra o Google, principalmente). As posições se estabilizaram nos últimos cinco anos, com Google, YouTube e Facebook confortavelmente no pódio (entre 81 bilhões e 26 bilhões de visitas mensais).
Os últimos anos também marcaram o triunfo definitivo do conteúdo pornográfico: Xvideos e Pornhub competem em igualdade de condições com veteranos como Amazon ou Yahoo (que ainda está lá, curiosamente). Como vimos no vídeo, a evolução da internet mudou bastante em poucos anos.

FONTE: Blog SempreUpdate
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!