Unifique arrecada R$ 818 milhões com a IPO

Crédito: Freepik

A Unifique Telecomunicações contabilizou um aumento de capital da ordem de R$ 818 milhões com sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). O resultado foi em função da precificação de R$ 8,60 da ação, próximo ao piso da faixa indicativa que ia de R$ 8,41 a R$ 10,49, conforme anúncio da empresa divulgado nesta segunda-feira, 26. 

A companhia tem estreia prevista na B3 para esta terça-feira, 27 de julho, com o código FIQE3. 

A companhia pretende utilizar os recursos líquidos para suportar o crescimento orgânico (40%); realização de aquisições estratégicas de outros players na região Sul do Brasil (40%); expansão da equipe técnica, comercial e de pesquisa e desenvolvimento, além de outros investimentos (20%).   

Segundo o prospecto preliminar da companhia registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 2020, a Unifique apresentou uma receita líquida de R$ 286 milhões ante R$ 163,4 milhões reportados no ano anterior. 

No mesmo intervalo de comparação, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 152 milhões no ano passado, contra R$ 84,2 milhões. 

O lucro líquido foi de R$ 50,4 milhões em 2020, ante R$ 36,5 milhões registrados um ano antes. 

Coordenam a operação XPBTG Pactual e Itaú BBA. 

Brisanet 

Acaba nesta segunda-feira, 26 o prazo de reserva de ações por minoritários, previsto na IPO da maior operadora do Nordeste, a Brisanet. A estreia na B3 está marcada para quinta-feira, 29. 

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)