Ubuntu não rastreará mais pacotes dos usuários

Ubuntu não rastreará mais pacotes dos usuáriosO assunto sempre gerou muita polêmica, porém, agora o Ubuntu garante que não rastreará mais os pacotes instalados pelos usuários do sistema.  Isto porque a ferramenta ““popularity-contest” que é fornecida como parte da instalação padrão do Ubuntu desde os primeiros dias da distribuição está sendo removida.
De acordo com a descrição da própria página do recurso popcon,
O  Ubuntu Popularity Contes (popcon) […] reúne estatísticas determinando quais pacotes são os mais populares entre os usuários do Ubuntu. Uma vez por semana, o pacote popularity-contest envia dados para um servidor central.
As estatísticas popconcoletadas são usadas para ajudar a “melhorar as versões futuras do Ubuntu, para que os pacotes mais populares sejam os que são instalados automaticamente para novos usuários”.
No entanto, cabe observar que já faz muito tempo desde que o Ubuntu adicionou ou removeu um aplicativo da instalação padrão (e quando ele optou por adicionar o aplicativo GNOME To Do há alguns anos, não era por causa da “popularidade”).

Mas com Snaps, Flatpaks, PPAs e outras opções, oferecendo aos desenvolvedores maneiras mais diretas de comercializar para os usuários (para não mencionar números mais precisos sobre quantas pessoas usam seu software), os méritos relativos do “que é popular nos repositórios” são discutíveis.

Ubuntu não rastreará mais pacotes dos usuários

Ubuntu não rastreará mais pacotes dos usuários
Portanto, as instalações futuras da área de trabalho do Ubuntu não incluirão mais o pacote de popularidade de aplicativos por padrão. Além de tudo, pelo menos desde a versão do Ubuntu 18.04 LTS que este recurso não funciona como deveria. Segundo Michael Hudson Doyle, da Canonical, “… o pacote e o back-end estão quebrados desde 18.04 LTS sem fazerem muita falta.”
Embora parecesse um pouco assustador, todo o rastreamento era anônimo. Além disso, os resultados dos dados eram visíveis publicamente no site popcon.ubuntu.com. Assim, o “Ubuntu remove algo que não funciona e ninguém usa. E esta é uma remoção importante que acompanha a natureza mutável da distribuição e aquisição de pacotes Linux.
É possível remover o concurso de popularidade do Ubuntu de uma instalação existente do Ubuntu. Basta iniciar uma janela do Terminal e executar:

sudo apt remove popularity-contest
Digite sua senha e pressione ypara aprovar. O processo também removerá o pacote ubuntu-standard. Este é um meta-pacote que informa ao Ubuntu quais pacotes buscar como parte de uma instalação ‘padrão’. Embora não deva ser removido (de maneira geral), é a única maneira de remover completamente o popcon.
OMG Ubuntu

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.