TIM e Oi anunciam prorrogação de home office

A TIM decidiu manter o call center próprio trabalhando de casa definitivamente. Desde 20 de março, quando foi decretado isolamento social devido à pandemia de covid-19, a operadora adotou o regime de trabalho remoto e decidiu continuar com o modelo na área de atendimento ao cliente após avaliar todos os cenários, com foco na qualidade de vida, na garantia da saúde dos colaboradores e na melhor experiência para o consumidor. Assim, a medida contemplará cerca de 2 mil pessoas que trabalhavam presencialmente no Rio de Janeiro e em Santo André (SP). 

A decisão pela manutenção do home office veio acompanhada dos bons resultados obtidos nesse período, índice de satisfação dos clientes, que aumentou 37%. Também foi registrado um crescimento de 8% da produtividade desde o início da “remotização” e a redução do índice de rotatividade de funcionários do call center, com queda superior a um terço nos pedidos de dispensa.  

Para estabelecer as bases desse modelo, a empresa firmou, no novo acordo coletivo, regras para o teletrabalho, como o direito de desconexão, intervalos de descanso e refeição do colaborador, e o compromisso de realizar eventos periódicos para manter e reforçar a interação entre os colaboradores. 

Além disso, a TIM forneceu todos os equipamentos e mobiliário necessários para que os operadores desempenhassem suas funções, com desktop, monitor, teclado, mouse, sistema de biometria, mesa, conjunto de fone e microfone, conexão à internet e também uma ajuda de custo mensal de R$ 80. 

Os benefícios também incluem o acréscimo de 100% sobre o valor da hora regular trabalhada nos dias 4 de julho de 2021 e 2022 em homenagem ao operador de call center, além de folgas remuneradas em 24 e 31 de dezembro para a maioria dos colaboradores.  

Oi  

Já a Oi anunciou a prorrogação do home office de 80% de sua força de trabalho até, pelo menos, 31 de março de 2021. Segundo a operadora, com um programa de trabalho remoto maduro antes mesmo de 2020, a Oi vem conseguindo manter nos últimos oito meses a produtividade de seus colaboradores assim como as iniciativas de cuidado, segurança e atenção com o time. 

Em setembro, pesquisa com cerca de 10 mil funcionários mostrou que 93% deles perceberam ganho ou manutenção da qualidade de vida com o home office. A decisão da companhia está alinhada às suas diretrizes de saúde e segurança e diante do cenário de incertezas da pandemia. A Oi reforça que com a aproximação da data poderá reavaliar a volta gradual aos prédios.(Com assessorias de imprensa) 

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!