Telefónica seleciona Ericsson e Nokia para rede 5G Standalone na Espanha

A operadora espanhola Telefónica, dona da empresa de mesmo nome no Brasil, contratou as fabricantes Ericsson e Nokia para construir sua nova rede 5G. Com isso, a companhia preferiu deixar de fora a Huawei, fabricante chinesa que forneceu equipamentos nas gerações anteriores do serviço móvel, seguindo a estratégia de manter os mesmos fornecedores das gerações anteriores.

A Ericsson e a Nokia receberam 50% cada uma do projeto de cobertura com quinta geração na Espanha. A implantação deverá ser completada até 2026. Serão utilizados os espectros de 3,5 MHz e de 700 MHz. A primeira faixa será utilizada para conexões de alta capacidade. A segunda, para ampliar o alcance da nova geração por áreas extensas e melhorar a recepção indoor.

A Espanha realiza na próxima semana, em 21 de julho, o leilão da faixa de 700 MHz. Mas a Telefónica, maior operadora do país, dá como certa a compra de sua fatia. Ericsson e Nokia também já eram fornecedoras de rádios para as redes 2G, 3G e 4G.

Embora não vá recorrer a Huawei em 5G na Espanha, a empresa firmou contrato no final de 2019 com a fornecedora para sua unidade na Alemanha. E no Brasil, é também atendida pela fabricante chinesa.

A Telefónica já vende serviços 5G DSS na Espanha. Ao menos 1,3 mil cidades do país são cobertos com o sinal 5G DSS nas frequências de 1,8 e 2,1 GHz. Ao todos, são 22 mil estações radiobase com a tecnologia em funcionamento, cobrindo 80% da população. O acordo com Ericsson e Nokia prevê a instalação de rede 5G Standalone, ou seja, sem reutilização do núcleo 4G.

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)