Telefônica cria empresa dedicada a cloud computing

Crédito: Freepik

A Telefônica Brasil comunicou ao mercado nesta segunda, 2, que transferiu 20% do capital social de sua unidade de nuvem, a Telefônica Cloud e Tecnologia do Brasil S.A. para a Telefónica Cybersecutity & Cloud Tech, braço que reúne as operações de TI do grupo espanhol dono da operadora.

Conforme a operadora brasileira, a parceria resulta em uma empresa brasileira dedicada a serviços e soluções de cloud computing para B2B, a Cloudco Brasil. Esta subsidiária visa “alavancar posicionamento em serviços e soluções e capturar oportunidades de crescimento dos negócios neste segmento”, segundo o comunicado enviado à CVM.

A transação prevê a aquisição de 49% da Telefônica Cloud pela Telefónica Infra, ao preço total de R$ 76 milhões por 190 mil ações ordinárias da CloudCo. Este pagamento acontece em parcelas até 2023. Além desse valor, a tele vai receber hoje R$ 22 milhões para transferir 20% do capital social da CloudCo.

“Em decorrência da Operação, 50,01% do capital social da CloudCo Brasil passou a ser detido pela Companhia e 49,99% pela TC&CT e, portanto, a relação entre a Companhia e a TC&CT no âmbito da CloudCo Brasil será regulada por um Acordo de Acionistas também celebrado nesta data. Tanto o SPIA como o Acordo de Acionistas contêm termos e disposições comuns a esse tipo de transação”, explica em comunicado a Telefônica Brasil.

A CloudCo Brasil vai, ainda, receber da Telefônica Brasil e da Telefônica Infraestrutura e Segurança, outra empresa do grupo, “certos ativos, contratos e empregados, todos estritamente relacionados às atividades de cloud computing”.

Apensar da venda, a Telefônica Brasil seguirá à frente do relacionamento com os clientes finais. A venda inclui um contrato de intermediação comercial, por meio do qual a Vivo será o único canal de vendas da CloudCo Brasil.

A companhia lembra que a transação não precisa de nenhum aval regulatório e que sua finalidade é “gerar valor aos acionistas através da aceleração do crescimento e aumento da eficiência operacional”.

O grupo espanhol Telefónica vem ampliando os investimentos em nuvem. Na última semana, anunciou a compra de uma empresa no Reino Unido e Irlanda.

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)