Telecom Italia publica oferta de co-investimento em fibra óptica na Itália

A TIM publicou em seu site de venda por atacado, sua oferta de co-investimento, baseado no modelo de investimento aberto, para o desenvolvimento de sua rede de fibra óptica secundária. Essa rede fica a cargo da Fibercop, companhia criada em 2020 para a implantação de rede neutra. O projeto irá permitir o acesso às soluções FTTH em 1.610 municípios pela Itália até 2025.

A oferta diz respeito a aproximadamente 75% das unidades da TIM nas áreas sem ou com pouca conectividade no território italiano. Ainda, prevê o fornecimento de serviços por atacado de acesso à rede FTTH.

O projeto é direcionado para todos os operadores do mercado e os interessados poderão participar mesmo em nível municipal. Com a arquitetura de fibra, a operadora busca provocar concorrência na infraestrutura ao mesmo tempo em que simplifica a migração ente fornecedores de clientes varejistas.

A Autoridade de Comunicações Italiana (AGCom) já foi notificada a respeito da oferta de co-investimento. A Autoridade deverá, agora, avaliar se a oferta está de acordo com o Código de Comunicações Eletrônicas Europeu e tomar as medidas necessárias. A operadora espera que a aplicação das novas disposições do Código incentive os investimentos em fibra e acelere a transição da rede de cobre para a nova infraestrutura.

Conforme as regras da AGCom, o modelo de co-investimento se baseia no compartilhamento no risco de longo prazo. Outras empresas poderão se juntar ao projeto após 2021, mas deverão se comprometer com uma taxa, sob a justificativa de que os investidores iniciais aceitaram riscos maiores. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.