SuperTuxKart 1.3 lançado com novas arenas, novos karts e melhorias na interface

O jogo de corrida de kart SuperTuxKart 1.3 gratuito, de código aberto e multiplataforma foi lançado hoje como uma grande atualização trazendo novos recursos incríveis e muitas melhorias.

Vindo mais de um ano após o SuperTuxKart 1.2, o SuperTuxKart 1.3 está aqui para apresentar duas novas arenas de batalha, a saber, Ancient Colosseum Labyrinth e Alien Signal. Enquanto o primeiro é um ambiente escuro totalmente novo inspirado no Coliseu de Roma, o último já foi oferecido aos doadores e é baseado em uma localização real do programa SETI. Ambos suportam o modo Capture The Flag (CTF).

Novos karts também estão presentes neste lançamento, nomeadamente o bonito Pepper from Pepper & Carrot como um substituto para Sara the Racer, e alguns dos karts existentes receberam uma reforma, como Gnu, Adiumy, Emule e Sara the Wizard, que agora é conhecido apenas como Sara.

SuperTuxKart 1.3 lançado com novas arenas, novos karts e melhorias na interface

Além de todas essas guloseimas, SuperTuxKart 1.3 apresenta uma nova tela de seleção de pontuação alta que está disponível em um novo menu que você pode acessar de qualquer lugar para encontrar todas as suas pontuações mais altas. Anteriormente, a tela High Score Selection estava disponível apenas na Track Selection ou no menu Ghost Replay.

Um bom aprimoramento nesta atualização é a capacidade de diminuir a resolução em até 50%, o que melhora drasticamente o desempenho e as taxas de quadros do jogo. A nova configuração de resolução de renderização pode ser encontrada na tela de configurações gráficas e é habilitada por padrão para dispositivos Android.

Por último, mas não menos importante, SuperTuxKart 1.3 apresenta uma porta para o dispositivo portátil Nintento Switch, mas você precisará ter o Homebrew instalado em seu dispositivo antes de tentar jogar o jogo. Mais detalhes sobre como instalar o SuperTuxKart no Switch Homebrew estão disponíveis nas notas de lançamento.

Você pode baixar SuperTuxKart 1.3 agora para sistemas GNU/Linux de 32 e 64 bits, bem como plataformas Android, macOS e Windows na página do projeto no GitHub. O código-fonte também está disponível para download na mesma página para quem quiser compilá-lo.

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.