Supercomputador mais rápido do Reino Unido permitirá que os cientistas façam “as perguntas certas”

Supercomputador mais rápido do Reino Unido permitirá que os cientistas façam "as perguntas certas"A Nvidia anunciou que está construindo um supercomputador em Cambridge, no Reino Unido, de US$ 51,7 milhões dedicado à pesquisa de saúde. Com 400 petaflops de desempenho de IA, o novo supercomputador Cambridge-1 é apresentado pela Nvidia como o supercomputador mais poderoso do Reino Unido até hoje.
Espera-se que ele esteja online até o final do ano e ficará em 29º lugar na lista mais recente dos supercomputadores mais poderosos do mundo.

Supercomputador mais rápido do Reino Unido

O dispositivo será alimentado por 80 sistemas DGX A100 da Nvidia, que são projetados para construir e executar projetos de IA em grande escala (aplicações de machine learning projetadas especificamente para o avanço da pesquisa em saúde).
Supercomputador mais rápido do Reino Unido permitirá que os cientistas façam "as perguntas certas"A Nvidia anunciou que está construindo um supercomputador em Cambridge de US$ 51,7 milhões dedicado à pesquisa de saúde.
O CEO da Nvidia, Jensen Huang, disse:
Enfrentar os desafios mais urgentes do mundo na área da saúde requer recursos de computação extremamente poderosos para aproveitar as capacidades da IA.
O supercomputador Cambridge-1 servirá como um centro de inovação para o Reino Unido e promoverá o trabalho inovador que está sendo feito pelos pesquisadores do país em saúde crítica e descoberta de medicamentos.
Sebastien Ourselin, chefe da escola de engenharia biomédica no King’s College London, que lidera o AI Center, explicou que o volume sem precedentes de memória e energia fornecidos pelo novo supercomputador permitirá aos pesquisadores resolver problemas baseados em dados.
Ourselin disse:
Temos uma enorme coleção de dados de pacientes vindos de radiologistas, oncologistas, exames de sangue, dados de imagem e outros biomarcadores. Para dar sentido a todos esses dados, você precisará de grandes quantidades de memória e grande poder computacional. Isso é o que o supercomputador vai abrir – uma oportunidade de executar essas aplicações que nunca teríamos sido capazes de executar em computadores padrão.
O Cambridge-1 será implantado junto com o supercomputador da Arm no centro de IA desenvolvido pela Nvidia, que a empresa norte-americana descreveu como um futuro “centro de colaboração” para cientistas.
Fonte: ZDNET
Nvidia detalhou o processo de montagem do Selene, o sétimo supercomputador mais rápido do mundo

Supercomputador Summit avançará pesquisa de energia eólica

Supercomputador com Nvidia vai trabalhar em mudanças climáticas e projetos de coronavírus

FONTE: Blog SempreUpdate
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!