Startup forma mulheres e trans em ferramentas digitais

Foto de Bárbara Santiago
Bárbara Santiago – Coordenadora de Operações da {reprograma} Crédito: Divulgação

Entre os próximos dias 10 e 12 de junho, 180 meninas de várias partes do Brasil, com 14 a 17 anos, participarão de uma oficina que vai selecionar entre 35 e 40 adolescentes para um curso de programação front-end totalmente gratuito. A iniciativa é da startup social {reprograma} que, para essa ação, conta com o apoio da B3 social.

Essa será a segunda turma de adolescentes da {reprograma}, que tem como objetivo reduzir o gap de gênero no setor de tecnologia por meio da educação. Ainda nesta semana a startup paulista anunciará uma parceria com o Mercado Livre para oferecer 200 vagas para adolescentes em um curso sobre ferramentas digitais.

Leia a íntegra da notícia no Digital Money Inform

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)