Sparkle e Trans Ocean criam centro de conectividade no Panamá

Crédito: Freepik

A Sparkle, operadora internacional de atacado do grupo Telecom Italia, dono da TIM, e a Trans Ocean Network, empresa de telecomunicações panamenha, formaram uma joint venture no Panamá para a construção de um centro de aterrissagem e conectividade aberto que pretende se tornar o hub digital para toda a América Central, região andina e Caribe. O Panama Digital Gateway será um hub aberto de próxima geração com tecnologias e infraestruturas de última geração.

Localizado na Cidade do Panamá, o novo edifício terá 3.200 metros quadrados de espaço para mais de 600 racks e 5 MW de energia. Contará com as mais recentes tecnologias de segurança e uma eficácia de uso de energia esperada de 1,4.

O hub será integrado ao backbone global da Sparkle – mais de 600.000 km de fibra que se estende da Europa à África, Américas e Ásia – e também será o ponto de aterrissagem de cabos submarinos existentes e futuros em busca de uma entrada diversificada para a América Central. A ideia é fortalecer o papel do Panamá como  centro digital estratégico entre as Américas do Sul e do Norte.

“O desenvolvimento de infraestruturas nas Américas representa um pilar do plano estratégico da Sparkle para consolidar seu posicionamento no mercado de telecomunicações ao mesmo tempo que reforça a oferta de soluções digitais às empresas”, disse Elisabetta Romano, CEO da Sparkle.

“A construção do hub no Panamá, um cruzamento natural da América Central e uma ponte entre o Atlântico e o Pacífico e também um hub estratégico entre a América do Norte e do Sul, é um projeto de fundamental importância para o desembarque de novos cabos submarinos e a criação de um ecossistema de atores interconectados”, falou.

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!