Solução da GSMA usa blockchain na gestão do roaming

A GSMA lançou hoje, 28, um pacote de ferramentas baseadas em blockchain para automatizar o fechamento de contratos de roaming no atacado pelas operadoras.

Chamada GSMA eBusiness Network, a solução foi criada a partir de parceria entre Deutsche Telekom, CK Hutchison, Orange, Telefónica, Verizon e Vodafone.

Porque usa blockchain, afirma a entidade, a solução traz mais segurança de que os valores cobrados entre as partes dos contratos de roaming estão corretos.

O novo produto será importante conforme o tráfego de dados global e a quantidade de dispositivos de internet das coisas em trânsito por diferentes países aumentem.

“A combinação de crescente fluxo de dados internacional e o momentum em torno do 5G e da IoT criam o ímpeto para rever as práticas existentes no atacado do roaming”, afirma Alex Sinclair, CTI da GSMA.

Segundo ele, ao recorrerem ao blockchain para automatizar as relações entre si, as operadoras terão ganhos de eficiência e melhor interconectividade. A solução tem código aberto, é multi-fornecedor e funciona com diferentes ambientes de registro.

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)