Sistemas de Transporte Inteligente (ITS) já contam com frequências no Brasil

Imagem ilustra sensores administrados pelo novo computador para carros da nVidia em ação (Imagem: Divulgação nVidia)

A Anatel já assegurou a padronização do espectro que vai ser utilizado no ITS (Sistema de Transporte Inteligente), informou hoje,8, o superintendente de Outorga e Recursos  à Prestação da Anatel, Vinícius Caram, durante o Painel Telebrasil 2020. Conforme Caram, houve uma recente alteração do Ato nº 14.448, que aprovou os “Requisitos Técnicos para a Avaliação da Conformidade de Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita”. Com essa modificação, foram criados os requisitos para os sistemas para comunicação de dados entre veículos e entre veículos e infraestrutura rodoviária, que passarão a ocupar a faixa 5. 850 MHz a 5. 925 MHz e as faixas de  57 a 64 GHz .

Também foram criados os requisitos para sistema de comunicação veicular operando na faixa 5.850- 5.925 MHz. Conforme Caram, a manufatura, importação, venda e instalação de radares veiculares, que operem nas faixas 22 29 GHz e 46,7 46,9 GHz ficam vedadas a partir de 1 de janeiro de 2022. Não se aplicam aos sistemas de radares de veículo de faixa estreita ( narrowband ), operando na faixa 24,00 24,25 GHz.

Veja aqui a íntegra da apresentação:

080920-PainelTelebrasil2020vCaram_compressed

 

 

 

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)