Regulador do Chile aprova venda de Chilevisión da Warner para Viacom CBS

O regulador chileno Ministério Público Econômico (FNE) aprovou hoje, 6, a venda completa da Rede de Televisão Chilevisión, que antes pertencia a WarnerMedia, a Viacom CBS. O órgão concluiu que a operação “não só não gera riscos para a livre competição, como também produz um efeito de desconcentração no mercado”.

Isso porque a WarnerMedia também é dona de mais dois canais de televisão no Chile, CNN Chile e CDF. O FNE argumentou ainda que a importância dessa companhia como provadora de conteúdo é muito maior do que da Viacom CBS. A WarnerMedia possui uma presença nas vendas de publicidade 40 vezes maior do que a Viacom CBS e 12 vezes maior em anúncios digitais.

O FNE também descartou que a transação produziria um bloqueio de clientes ou de suprimentos. O regulador analisou cláusulas no contrato, como de não contratação de certos trabalhadores e concluiu que não são anticompetitivos por estarem ligados e serem necessários para a operação. As investigações iniciaram em 19 de maio. Para a finalização da venda da Chilevisión, resta ainda a aprovação do Conselho de Televisão Nacional.

Após a compra da WarnerMedia pela AT&T, a companhia começou a se desfazer de alguns de seus negócios. No fim de junho, a unidade de jogos móveis da Warner, Playdemic, foi para as mãos da Electronic Arts por US$ 1,4 bilhão. Um dos objetivos da AT&T com a aquisição foi formar um dos maiores streamings do mundo. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.