Reforma tem que reduzir carga tributária de telecom, aponta ex-ministro do Planejamento

O economista Dyogo Oliveira, e ex-ministro do Planejamento no governo Michel Temer, defendeu hoje, 22, durante sessão online do Painel Telebrasil 2020, que a reforma tributária tem que que ser benéfica para o setor de telecomunicações.

Oliveira assinalou que o setor é fundamental para o funcionamento da sociedade, o que ficou claro em tempos de pandemia. “Não é simplesmente reformar por reformar, mas sim colocar algo melhor do que estava”, recomendou.

Citou que a reforma tributária que está em andamento está sendo discutida há pelo menos 30 anos. “É importante entender qual é a qualidade do que está fazendo”, criticou, com mais uma recomendação: “Precisamos ter um sistema econômico, mercado e regulação mais eficientes”, complementou.

Para o economista, é preciso avançar nas questões regulatórias e sua eficiência e ressaltou que, além da infraestrutura física, é necessário ter capital humano.

Juros e câmbio

Para o ex-ministro, é preciso reduzir a volatilidade de juros, câmbio e política no país para que a economia voltar a crescer de forma vigorosa.

“Precisamos de menos volatilidade e mais eficiência. O Brasil ainda é muito volátil, no câmbio, juros, e ambiente político. Tudo isso se traduz em percepção de risco. Isso afugenta as decisões de investimentos e, portanto, afugenta o crescimento. Por isso, precisamos buscar o caminho da estabilidade”, disse.

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)