Radioemergência: chilenos realizam simulado hoje, 08/12/2020

Por Alisson, PR7GA

O Radio Club de Chile, associação e representante nacional dos radioamadores chilenos, realizará logo mais às 20h UTC (17h horário de Brasília) um Simulado de Radiocomunicação de Emergência aonde serão testadas as condições de propagação e demais estratégias de apoio a um grande evento sísmico – leia-se, um grande terremoto – juntamente com aviso de tsunami que mobilizará, além dos radioamadores chilenos, colegas radioaficionados estrangeiros.


O Chile, como sabemos, é um país aonde eventos envolvendo tremores de terra infelizmente são relativamente comuns devido à localização do país, precisamente aonde se encontram duas placas tectônicas e aonde existe grande atividade sísmica. Segundo o site Brasil Escola, “os terremotos surgem a partir da liberação da energia acumulada entre alguns pontos de encontro entre duas placas tectônicas. Com essa liberação, as placas reacomodam-se na litosfera e propiciam a ocorrência dos abalos sísmicos”.

Segundo o regulamento de participação no evento, disponível em https://www.ce3aa.cl/invitacion-simulacro-nacional-de-comunicaciones-de-emergencia/, tanto radioamadores do Chile quanto estrangeiros são convidados a participar. Inclusive, estações fora do território do Chile terão participação importantíssima, devido às condições de propagação, já que podem ocorrer situações de “zona de silêncio” aonde um sinal é captado a grandes distâncias mas não a curtas distâncias, por exemplo.

Ainda segundo o regulamento, a dinâmica do simulado seguirá o seguinte cronograma:

1 – O (s) comando (s) da operação de HF iniciará o simulado com a escuta das estações de baixa potência, estrangeiras e nacionais.

2 – Durante o simulado, as estações estrangeiras devem informar quais áreas do Chile ouvem. Esta é uma parte fundamental para que o envio de mensagens possa ser feito a áreas que o comando da operação possa ter dificuldade para atingir.

3 – As estações estrangeiras serão obrigadas a qualquer momento a enviar tráfego com mensagens SIMULADAS para outras estações.
Sabemos que podem ocorrer condições de propagação que impeçam a escuta de algumas áreas e é aí que a cooperação de emissoras estrangeiras é essencial para o sucesso deste exercício.


Os colegas brasileiros, evidentemente, também estão convidados a participar, pois dadas as dimensões de nosso país, estações distantes podem ser peça fundamental num eventual apoio a um evento de verdade, e aqueles que pretendem auxiliar devem estar preparados para isto. Daí a importância de participar de eventos simulados como este.

COMO PARTICIPAR


Para participar do simulado, é necessário apenas ser um radioamador licenciado, seja chileno ou estrangeiro, e cadastrar sua estação pelo formulário online disponível no link:


A organização do simulado também criou um aplicativo para Android que os participantes deverão instalar em seus aparelhos celulares para auxiliar durante o simulado. Para baixar, o link é https://www.dropbox.com/s/v8lq2rlj75gzif1/app-debug-3.apk?dl=0


FREQUÊNCIAS DE OPERAÇÃO


40 metros: 7.050 kHz

80 metros 3.738 kHz
20 metros 14.255 kHz
15 metros 21.315 kHz
ATENÇÃO: De acordo com as condições do momento, o comando da operação poderá fazer QSY para outras bandas ou frequências.

IMPORTANTE

Um terremoto de grande magnitude infelizmente gera efeitos de todos os tipos e devemos estar preparados.
Acima de tudo, você deve deixar claro que se trata de um simulado e as informações que serão enviadas ou solicitadas são fictícias, portanto, você será informado constantemente que:

Isto é um simulado!!!!
Isto é um simulado!!!!
Isto é um simulado!!!!

Não queremos gerar pânico na população!

A partir das 17:00 horas horário de Brasília ou 20 horas UTC do dia 8 de dezembro, sintonize a frequência e fique atento!!
VIVA O RADIOAMADORISMO!



Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

FONTE: Blog QTC da ECRA
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!