Qualcomm e Vodafone irão desenvolver projetos de TI para aumentar diversidade em OpenRAN

Qualcomm e Vodafone irão unir forçar a fim de desenvolver projetos de tecnologia de informação (TI) para ajudar na construção da 5G com tecnologia OpenRAN. A parceria visa reduzir barreiras de entradas das empresas na área e, assim, aumentar a diversidade de fornecedores de equipamentos de rede.

Os projetos irão combinar a experiência da operadora na construção de redes e a capacidade da Qualcomm na construção de soluções de Circuitos Integrados de Aplicação Específica para dispositivos e produtos de infraestrutura (ASICs).

A estadunidense fornecerá suas plataforma de Unidade de Rádio com recursos MIMO massivos e de Unidade Distribuída, anunciadas no ano passado com foco em fornecedores de rede. Já a Vodafone está trabalhando em configurações inteligentes de antenas MIMO Massivo. Haverá 64 antenas para transmitir e 64 para receber transmissões entre a estação base e o dispositivo do usuário. Os projetos serão publicados este ano e o início dos testes está marcado para a segunda metade de 2022.

De acordo com a Vodafone, os consumidores irão se beneficiar da mistura e combinação de hardwares e softwares que surgirão de diferentes fornecedores. Atualmente, o ponto de encontro de dois clusters de rede diferentes tem problemas de performance.

“As cadeias de suprimentos globais precisam de um ecossistema de fornecedores diversificado e vibrante para mantê-las em movimento no caso de escassez de um produto ou de dificuldades de um único fornecedor”, comentou Santiago Tenorio,  chefe de Arquitetura de Rede da Vodafone. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)