QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do Linux

QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do LinuxQEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do LinuxO QEMU 5.2  chegou recentemente, nesta semana,  como o lançamento de recurso mais recente para este emulador de processador de código aberto que desempenha um papel importante na pilha de virtualização do Linux. Assim, o novo QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do Linux. Ao todo, foram  há mais de 3.200 alterações. Como diz em seu anúncio oficial:
nesta versão, mudamos nosso sistema de compilação para usar o Meson internamente. A construção deve ser praticamente inalterada para a maioria dos usuários, mas consulte a seção Build Information do changelog para detalhes e para a lista de novas dependências de build que você precisa instalar agora .

QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do Linux

QEMU 5.2 lançado para melhorar virtualização de código aberto do Linux

Uma série de melhorias de suporte RISC-V, incluindo OpenSBI 0.8, suporte para migração de máquinas e uma série de outras melhorias de baixo nível;
Quando emparelhado com Linux 5.8 ou posterior, há um novo recurso de CPU KVM para melhorar o tratamento de falhas de página assíncronas;
QEMU 5.2 implementa todos os recursos obrigatórios da especificação NVMe 1.3;
Suporte para back-end do DTrace no macOS;
O sistema de construção do QEMU agora é parcialmente com base no Meson. No entanto, esta ainda não é uma transição completa.

Novas opções e recursos obsoletos

Consulte o capítulo “Recursos obsoletos” do Guia do usuário do QEMU System Emulation para obter a lista completa de recursos e opções historicamente obsoletos.
Em particular, observe que o suporte a convidado Unicore32 e lm32 foi preterido e será removido em uma versão futura. Eles agora são construídos apenas se explicitamente habilitados em –target-list.

Em relação ao ARM:

ARMv8.2 FEAT_FP16 (ponto flutuante de meia precisão) agora está implementado para emulação AArch32 (AArch64 já é compatível com isso)
Suporte ao AArch64 BTI no modo de emulação do usuário do Linux (já há para emulação do sistema)
O modelo SMMUv3 agora oferece suporte à invalidação de intervalo SMMUv3.2
A placa sbsa-ref agora tem um modelo de controlador incorporado para pedidos de desligamento e reinicialização do convidado
A placa sbsa-ref agora tem um dispositivo watchdog genérico compatível com SBSA
As placas Raspberry Pi agora emulam o dispositivo gerenciador de relógio CPRMAN
Remoção do suporte para KVM em CPUs host de 32 bits (obsoleto no 5.0). (Os convidados KVM de 32 bits em hosts de 64 bits permanecem suportados.)

A longa lista de alterações completas do QEMU 5.2 pode ser encontrada em QEMU.org.

FONTE: Blog SempreUpdate
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!