PHP 8.0 deve estrear somente no Fedora 35 do final deste ano

PHP 8.0 deve estrear somente no Fedora 35 do final deste anoEmbora o sistema operaional Fedora seja bem conhecido há anos por sempre enviar os pacotes mais recentes em sua distribuição já a partir do lançamento, mesmo que isso signifique usar um pré-lançamento do compilador GCC quase final, os desenvolvedores decidiram adiar o lançamento do PHP 8.0 até a primavera com o lançamento Fedora 35. Sendo assim, o PHP 8.0 deve estrear somente no Fedora 35 do final deste ano.
Porém, o PHP 8.0 já saiu há algum tempo. Ele lançado no final de novembro com muitos novos recursos e mudanças. Embora esteja com bastante antecedência para o Fedora 34, que deve sair até abril próximo, os desenvolvedores do Fedora decidiram se concentrar no lançamento do PHP 8.0 para o final do ano, com o lançamento do Fedora 35.

PHP 8.0 deve estrear somente no Fedora 35 do final deste ano

PHP 8.0 deve estrear somente no Fedora 35 do final deste ano
O ciclo extra aderindo ao PHP 7.4 para Fedora está sendo feito para dar mais tempo aos projetos upstream para fazer a transição de sua base de código para compatibilidade com PHP 8.0. Embora o PHP 8.0 seja bem mais cheio de recursos em relação ao PHP7, existem algumas mudanças de linguagem. Além disso, algumas alterações no comportamentos de linguagem e outras mudanças que requerem adaptações pela maioria dos grandes projetos por aí.
Para os interessados, há o guia de migração do PHP 8.0. Como resultado, o Fedora está sendo cauteloso e aderindo ao PHP 7.4 para uma versão extra. Assim, deixou de lado o comportamento usual de vir com uma versão de ponta.
O PHP 8.1, por sua vez, deve sair apenas no final deste ano. Portanto, deverá ter a adoção pontual da distribuição já com o novo Fedora 36. A proposta de mudança do Fedora 35 para o PHP 8.0 é descrita através do Wiki.
Para aqueles que desejam experimentar o PHP 8.0 no Fedora ou RHEL e CentOS, há um repositório disponível mantido por Remi Collet que funciona com o pacote do Fedora também.

FONTE: Blog SempreUpdate
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.