Patrocinado pelo Instituto TIM, projeto de alunos brasileiros é levado ao espaço

Um grupo de alunos da Escola Regina Coeli, na cidade de Sorriso (MT) venceu o programa Garatéa-ISS, patrocinado pelo Instituto TIM. Os estudantes desenvolveram um teste para acompanhar a reação de um medicamento para intolerância à lactose. Como prêmio, tiveram seus experimentos levados ontem, 6, para a Estação Espacial Internacional (ISS).

O Garatéa-ISS promove a participação de estudantes brasileiros dos ensinos médio e fundamental no Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), que embarca projetos e desenhos em foguetes da SpaceX. A NASA envia os experimentos selecionado à ISS para que sejam realizados no espaço sideral.

A ideia do programa é mostrar aos alunos como os experimentos que criaram se desenvolvem em um ambiente de microgravidade, muito usado para testes da indústria farmacêutica para pesquisa de medicamentos e testagem de materiais.

Ao todo, 285 escolas já participaram do Garatéa-ISS, com 171 projetos. A iniciativa foi desenvolvida por uma parceria da Universidade de São Paulo e Fundação de Apoio à Física e à Química. O programa já enviou dois projetos científicos de colégios brasileiros. O primeiro uma experiência com cimento e o segundo com filtro de barro.

“O lançamento de projetos no espaço é uma experiência que inspira, conecta e muda vidas, já que os ganhadores ficam em contato direto com  instituições como a Nasa, por exemplo”, comentou Lucas Fonseca, engenheiro espacial responsável pelo projeto Garatéa. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!