Oi Soluções instala serviços IoT na sede do governo paulista

A Oi Soluções, provedora e integradora de soluções digitais da Oi para o mercado corporativo, anuncia o lançamento de um projeto piloto para a experimentação de soluções digitais pelo Palácio dos Bandeirantes, edifício-sede do governo de São Paulo. Chamada de Palácio Digital, a iniciativa contempla a disponibilização de aplicações de internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) para aumentar a eficiência no uso de itens como energia e água, além de uma plataforma para suporte na área de segurança. O projeto foi oficializado na semana passada em reunião do governador de São Paulo, João Doria, com o presidente da Oi, Rodrigo Abreu, e com a VP da Oi Soluções, Adriana Viali.

O projeto prevê a implantação de soluções de IoT para o monitoramento do consumo de energia, água, controle de temperatura e iluminação no edifício-sede, além do acompanhamento do fluxo de pessoas nos ambientes. Uma plataforma de videomonitoramento robusta auxiliará o sistema de segurança por meio do reconhecimento de placas de veículos e reconhecimento facial para acesso ao palácio, tornando o processo mais ágil e seguro.

“Entendemos que a transformação digital é um fator-chave para instituições públicas e privadas do país, e isso se traduz na busca incessante de soluções digitais de alta tecnologia. Com o projeto, viabilizamos eficiência operacional e redução de custos, aproximando o Palácio dos Bandeirantes das melhores diretrizes de sustentabilidade, uma agenda cada vez mais importante para as organizações”, afirma Adriana Viali, VP da Oi Soluções.

A Oi Soluções tem portfólio completo e integrado de Segurança, Cloud, UC&C (Unified Communications and Collaboration), IoT, Big Data & Analytics, Aplicações Digitais e Serviços Gerenciados, além de dados, internet e voz via fibra ótica. Com presença nacional e atuação de forma regionalizada para atender as demandas específicas de cada mercado, o B2B da Oi está presente nas maiores empresas públicas e privadas do país. São mais de 1.400 executivos para atender exclusivamente o segmento corporativo, sendo a carteira de clientes composta por 40 mil empresas dos mais variados setores. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)