Oi, Claro e Brisanet lideram o maket share da banda larga fixa, diz Anatel

O Relatório de Acompanhamento do Setor de Telecomunicações sobre o mercado de banda larga fixa, divulgado hoje, 12, pela Anatel, mostra o desempenho desse serviço desde 2011 até dezembro de 2020, as velocidades contratadas e o market share. Conforme o documento, se as operadoras regionais são líderes em 19 unidades da Federação, individualmente, três empresas lideram o número de acessos em serviço: a Oi é a primeira colocada na oferta de banda larga em 12 estados; a Claro lidera em nove Unidades da Federação, e a Brisanet, que não integra os grandes grupos de telecomunicações, já tem maior market share em três estados do Nordeste.

O estudo ressalta ainda que a tecnologia de acesso por fibra óptica já representa mais de 50% dos 33,4 milhões de acessos que existiam em 2020, em 11 estados brasileiros. E registrou um crescimento acentuado entre o ano de 2019 e de 2020. Conforme os números, os acessos em fibra pularam de 10,22 milhões em 2019 para 17,04 milhões em 2020. Os cabos metálicos estão sendo substituídos por outras tecnologias mais modernas. Eram 10,36 milhões em 2019 e caíram para 7,08 milhões em 2020.

Devido à pandemia do Covid 19, houve um incremento sensível no número de adições líquidas nos primeiro e segundo trimestre do ano passado, e também uma crescimento na oferta de banda larga via satélite, com a Hughes liderando. Conforme a Anatel, a banda larga satelital já somava 330 mil acessos no terceiro trimestre de 2020, mas com uma queda em dezembro.

Aumento de Velocidade

O relatório assinala a  predominância dos acessos de velocidade contratada acima de 34 Mbps, tanto no market share quanto na quantidade total de acessos. “A quantidade de acessos acima de 34 Mbps, em 2020, é maior que qualquer quantidade de outras velocidades nos anos anteriores”, afirma o estudo.

Lei aqui a íntegra do relatório

 

FONTE: TeleSíntese
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!