NVIDIA compra a Arm por US$ 40 bilhões

NVIDIA compra a Arm por US$ 40 bilhõesAgora é oficial. Depois de muitos rumores no final de semana, a NVIDIA confirmou a compra da ARM por US$ 40 bilhões. A aquisição foi feita junto ao SoftBank Group Corp. A combinação reúne a plataforma de computação de IA líder da NVIDIA Enterprise com o vasto ecossistema da Arm para criar a principal empresa de computação para a era da inteligência artificial. Assim, a  NVIDIA quer acelerar a inovação enquanto se expande para grandes mercados de alto crescimento. A SoftBank permanecerá comprometida com o sucesso de longo prazo da Arm por meio de sua participação na NVIDIA, que deve ser inferior a 10%.
A IA é a força de tecnologia mais poderosa de nosso tempo e lançou uma nova onda de computação, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. Nos próximos anos, trilhões de computadores executando IA criarão uma IoT, que será milhares de vezes maior do que a IoT de hoje. Nossa combinação criará uma empresa fabulosamente posicionada para a era da IA.
Simon Segars e sua equipe na Arm construíram uma empresa extraordinária que está contribuindo para quase todos os mercados de tecnologia do mundo. Unindo os recursos de computação IA da NVIDIA Enterprise com o vasto ecossistema da CPU da Arm, podemos avançar a computação da nuvem, smartphones, PCs, carros autônomos e robótica, para superar a IoT e expandir a computação de IA para todos os cantos do globo, afirma Huang. Essa combinação traz enormes benefícios para ambas as empresas, nossos clientes e a indústria. Para o ecossistema da Arm, a combinação turbinará a capacidade de P&D da Arm e expandirá seu portfólio de IP com a tecnologia líder mundial de GPU e AI da NVIDIA Enterprise, explica o CEO da NVIDIA.

NVIDIA compra a Arm por US$ 40 bilhões

NVIDIA compra a Arm por US$ 40 bilhões
A Arm permanecerá sediada em Cambridge. A ideia é expandir o local e construir um centro de pesquisa de IA de nível mundial, apoiando o desenvolvimento em saúde, ciências biológicas, robótica, carros autônomos e outros campos. E, para atrair pesquisadores e cientistas do Reino Unido e de todo o mundo para realizar um trabalho inovador, a NVIDIA Enterprise construirá um supercomputador de IA de última geração, equipado com CPUs Arm. “O Arm Cambridge será um centro de tecnologia de classe mundial”, complementa Huang.
Já para Masayoshi Son, presidente e CEO da SBG, “a NVIDIA é o parceiro perfeito para Arm”.
“A Arm e a NVIDIA compartilham a visão e a paixão de que a computação onipresente e com eficiência energética ajudará a resolver os problemas mais urgentes do mundo, desde as mudanças climáticas até a saúde, da agricultura à educação,” revela Simon Segars, CEO da Arm.

Compromisso com a Arm e o Reino Unido

Como parte da NVIDIA, a Arm continuará a operar seu modelo de licenciamento aberto enquanto mantém a neutralidade global do cliente que tem sido a base de seu sucesso, com 180 bilhões de chips enviados até o momento por seus licenciados. Os parceiros da Arm também se beneficiarão das ofertas de ambas as empresas, incluindo as inúmeras inovações da NVIDIA Enterprise.
A SoftBank e a Arm estão totalmente comprometidas em cumprir os compromissos assumidos pela SoftBank quando adquiriu a Arm em 2016, com conclusão prevista para setembro de 2021. Após o fechamento da transação, a NVIDIA pretende manter o nome e a forte identidade da marca Arm e expandir sua base em Cambridge. A propriedade intelectual da Arm permanecerá registrada no Reino Unido.

Detalhes adicionais da transação

De acordo com os termos da transação, que foi aprovada pelos conselhos de administração da NVIDIA, SBG e Arm, a NVIDIA pagará à SoftBank um total de US$ 21,5 bilhões em ações ordinárias da NVIDIA. Da mesma forma, outros US$ 12 bilhões em dinheiro. Desses, US$ 2 bilhões a pagar no momento da assinatura.
O número de ações da NVIDIA a serem emitidas no fechamento é de 44,3 milhõe. Além disso, a SoftBank pode receber até US$ 5 bilhões em dinheiro ou ações ordinárias sob um conceito de earn-out. A NVIDIA também emitirá US$ 1,5 bilhão em ações para os funcionários da Arm.
A NVIDIA pretende financiar a parte em dinheiro da transação com o caixa de balanço. A transação não inclui o Grupo de Serviços IoT da Arm.
A transação proposta está sujeita às condições habituais de fechamento. Precisa de aprovações regulatórias para o Reino Unido, China, União Europeia e Estados Unidos. A conclusão da transação está prevista para ocorrer em aproximadamente 18 meses.

FONTE: Blog SempreUpdate
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)