Nova distribuição Linux se inspira no iPad

Nova distribuição Linux se inspira no iPadAcaba de aparecer uma distribuição Linux cujo foco é um projeto para tablets. Estamos falando do sistema JingOS, uma nova distribuição Linux se inspira no iPad. A distribuição JingOS é uma nova distro baseada no Ubuntu. Assim, possui uma IU centrada no toque. Esta deve ser uma raridade, ainda mais quando falamos de Linux.
Os desenvolvedores do JingOS dizem que é “a primeira distribuição Linux no estilo iPadOS do mundo”. Este vídeo promocional dos desenvolvedores do JingOS demonstra o sistema operacional com muito mais eficiência do que minha prosa:

O fato é que, embora haja muito para ver no clipe, não há muito o que “experimentar” em um primeiro momento. O vídeo diz que uma primeira versão do JingOS só estará disponível para download no final de janeiro.
Além disso, também haverá uma campanha de crowdfunding para arrecadar fundos para a produção do tablet ‘JingPad’ personalizado (pré-carregado com o JingOS, é claro). O lançamento está previsto para março.

Nova distribuição Linux se inspira no iPad

Os primeiros sistemas operacionais da era do “netbook”, como Jolicloud e Ubuntu Netbook Remix, flertaram com a ideia de “painéis de controle” amigáveis ao toque. Porém, são  principalmente para entradas regulares de mouse e teclado. O Ubuntu Touch tinha uma aparência de tablet, mas, espacialmente, ainda era o batom em um paradigma de desktop.
Isso torna o JingOS diferente.
Esta distro pode ficar em um tablet primeiro e uma experiência “laptop-lite” depois. Não se trata de tentar ser uma distro Linux para desktop que roda aplicativos para tablet, mas uma distro Linux para tablet que pode rodar aplicativos para desktop. Esta é uma distinção importante.
Por exemplo, a distro vem com seu próprio conjunto de aplicativos padrão para calendário, gerenciador de arquivos e navegação na web. Além disso, todos eles são sensíveis ao toque. Software como o WPS Office ainda funciona.

Nova distribuição Linux se inspira no iPad

O desenvolvimento de uma IU, a manutenção de um sistema operacional e a curadoria de suporte de hardware são três tarefas colossais. Cada um tem suas próprias armadilhas e problemas potenciais.
Distros Linux como Deepin e Kylin, bem como projetos como o PinePhone, provam que novas interfaces de usuário chamativas podem de fato ser criadas, atualizadas e implementadas em bases modestas.
Assim, o JingOS parece uma nova distro Linux promissora voltada principalmente para usuários de tablets. Embora tenha inspiração clara no sistema do iPad da Apple, isso não é ruim: são mais de 500 milhões de iPads no mundo até agora.
Se a equipe fizer jus, o JingOS pode ser uma das distros Linux mais empolgantes de 2021. O JingOS até suportará PCs comuns, mas seu desenvolvedor diz que sem uma tela multitoque você não terá tudo o que ele tem a oferecer.
Visite o site da JingOS

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.