Nokia vai demitir até 10 mil funcionários nos próximos dois anos

A Nokia pretende cortar até 10 mil postos de trabalho na empresa nos próximos dois anos. Isso representa, aproximadamente 11% da força de trabalho da finlandesa. Segundo a empresa, os números podem variar à depender do desenvolvimento do mercado nesse período. Os cortes fazem parte do novo plano de reestruturação, que prevê redução de custos para maior investimento em Pesquisa e Desenvolvimento (R&D) e inovação em 5G.

Com isso, a companhia espera poupar pelo menos € 600 milhões por ano até o fim de 2023. Aproximadamente, 50% desse valor será poupado este ano. Para 2022, a espera é de uma economia de 15% dos 600 milhões e, em 2023, 35%. A Nokia espera outros € 500 milhões em saídas de caixa relacionadas à reestruturação anterior.

O plano da finlandesa condensa a finlandesa em quatro grupos de negócios. O intuito da reestruturação é por a empresa de volta nos trilhos depois de perder espaço para empresas como Huawei e ZTE e da queda na receita no terceiro trimestre de 2020.

“A Nokia agora tem quatro grupos de negócios totalmente responsáveis. Cada um deles identificou um caminho claro para o crescimento sustentável e lucrativo e estão redefinindo suas bases de custos para investir em seu futuro ”, afirmou o CEO da companhia, Pekka Lunkdmark, em evento hoje, 16. (Com agências internacionais)

FONTE: TeleSíntese
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.