Nokia e Vodafone anunciam solução para detectar anomalias na rede

A Nokia e a Vodafone lançaram hoje, 20, um produto de tecnologia machine learning baseado no Google Cloud para detecção e resolução de anomalias de rede. Desenvolvido após um contrato assinado em 2020 por ambas companhias, o Serviço de Detecção de Anomalia será implementado na rede europeia da operadora.

O produto tem a finalidade de identificar e deletar de forma ágil irregularidades. Isso inclui congestionamento e interferência do site móvel e latência inesperada, que podem afetar a qualidade do serviço ao cliente. Com isso, se espera que a solução resolva 80% dos problemas na rede móvel e demandas de capacidade de forma automática.

Na Itália, cerca de 60 mil células 4G contam com a solução. A previsão é de que até 2022 a disponibilidade do serviço se expanda no continente. Detecção anômala oferecida como “as-a-service” é uma dimensão importante para a estratégia de negócios do grupo Nuvem da Nokia e Serviços de Rede. Também há planos para aplicar o Serviço de Detecção de Anomalia em redes 5G da Vodafone.

De acordo com nota da Nokia, o Google Cloud permitirá que os engenheiros façam decisões mais rápidas e com mais informações. Poderão, por exemplo, aumentar a capacidade de rede em determinados pontos com base em dados gerenciados pelo Google Cloud. Na nuvem, o serviço permite o streaming de dados de rede para a plataforma de análise de dados da Vodafone.

O contrato assinado entre a Nokia e a Vodafone no ano passado complementa o recente acordo de seis anos fechado entre a operadora, o Google Cloud e a Nokia. O objetivo é construir em conjunto aplicações baseadas em nuvem integrada. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)