Nokia anuncia acordo com a Vivo para cobrir com rede móvel mina da Vale

A Nokia anunciou hoje, 27, que será a fornecedora de equipamentos para a Vivo implementar rede móvel em uma mina da Vale em Carajás (PA). O serviço será parte de um projeto de indústria 4.0 desenvolvido pela mineradora, e prevê o uso de perfuratrizes autônomas e caminhões de carga. A rede também será usada para comunicação interna dos funcionários no local. A Vale pretende, ainda, expandir a tecnologia a outras minas, que ainda dependem de tecnologia WiMax.

A rede construída será privativa, LTE (4G). Além da unidade de Carajás, a Vale tem 13 caminhões autônomos operando na mina de Brucutu, em Minas Gerais, ainda com WiMax, que deve ser atualizados para a rede LTE. A mineradora vai, ainda, recorrer a novas aplicações em internet das coisas. O 4G implementado já usará equipamentos que poderão passar por atualização para se converter em rádios 5G.

Anunciado em novembro de 2019, a contratação da Vivo pela Vale previa, à época, investimentos de cerca de R$ 21 milhões para a construção e gestão da rede LTE privativa.

FONTE: TeleSíntese
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.