MVNO aposta em nicho político e busca atrair simpatizantes da esquerda

Uma nova opção de serviços em telefonia móvel inicia suas operações no mercado brasileiro, a Leftfone. A marca pertence ao LeftBank e irá oferecer serviços de telecom digital remoto com um modelo de serviços e produtos especializados para as pessoas de interesses e simpatia pelos movimentos políticos de esquerda no país.

Segundo Marco Maia, um dos idealizadores da marca e ex-presidente da Câmara dos Deputados, a Leftfone busca consonância com o movimento de esquerda. “Nossa ideia é de ampliar o acesso dessas pessoas, para que possam utilizar os meios de telefonia remota digital com serviços e tecnologia de última geração”, disse.

A marca conta com parceria do Grupo Cuore, que ficará responsável pela área de compliance, atendimento ao cliente e divulgação da marca. A Leftfone atuará por meio dos canais digitais da empresa e com cobertura de entrega dos chips em todo o território nacional.

Não será preciso fidelização à marca, nem consulta aos cadastros de proteção de crédito, ou seja, pessoas negativadas poderão contratar os serviços. A empresa tem como meta crescimento de 5% ao mês de novos clientes em sua plataforma de telefonia digital.

Além da parceria com a Leftfone, o Grupo Cuore, recentemente, deu origem a outra MVNO também para um público segmentado, a Todes Telecom, focada na comunidade LGBT. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)