Microsoft usou hidrogênio para alimentar um datacenter por dois dias seguidos

Microsoft usou hidrogênio para alimentar um datacenter por dois dias seguidosA Microsoft anunciou que células de combustível de hidrogênio alimentaram alguns de seus servidores datacenter por 48 horas consecutivas. A Microsoft está explorando como a tecnologia limpa pode ser usada para alimentar mais aspectos de suas operações e seu objetivo é se tornar negativa em carbono até 2030.
Embora a Microsoft já tivesse eliminado a maior parte de sua dependência de combustíveis fósseis, ainda possuía geradores movidos a diesel nos datacenters do Azure.

Microsoft usou hidrogênio para alimentar um datacenter por dois dias seguidos

A ideia de explorar células de combustível de hidrogênio se originou em 2018, quando pesquisadores usaram uma célula de combustível de hidrogênio de membrana de troca de prótons para alimentar um rack de computadores. Como resultado, Mark Monroe, engenheiro de datacenter da Microsoft, disse que sua equipe assistiu a uma demonstração e ficou intrigada com a tecnologia.
Microsoft usou hidrogênio para alimentar um datacenter por dois dias seguidosA Microsoft anunciou que células de combustível de hidrogênio alimentaram alguns de seus servidores datacenter por 48 horas consecutivas. Imagem: Microsoft.
Logo depois, a equipe desenvolveu um sistema de célula de combustível de 250 quilowatts, suficiente para alimentar uma linha completa de servidores. Enfim, em setembro de 2019, a equipe o instalou em um datacenter Azure perto de Salt Lake City, Utah. Em junho, o sistema passou por um teste de 48 horas. A equipe planeja testar um sistema de combustível de 3 megawatts a seguir, que corresponde ao tamanho dos atuais geradores de backup movidos a diesel.
É possível que um datacenter do Azure possa ser equipado e executado inteiramente com células de combustível, um tanque de armazenamento de hidrogênio e um eletrolisador que converte moléculas de água em hidrogênio e oxigênio. Esses sistemas podem se integrar à rede elétrica para fornecer serviços de balanceamento de carga.
Dessa forma, continuando a desenvolver a tecnologia de combustível de hidrogênio, a Microsoft pode servir como modelo para o uso de células de combustível de hidrogênio em outros lugares.
Fonte: Engadget
Facebook usou 86% de energia renovável em 2019

Oito dos 10 supercomputadores mais rápidos do mundo economizam energia com NVIDIA Enterprise

Os controles do menu de energia do Android 11 e as casas inteligentes

Chipset da Samsung pode ser o mais eficiente em termos de energia de 2020

Sistemas Linux vão economizar energia com remoção do ASPM do Kernel

FONTE: Blog SempreUpdate
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!