Microsoft revenderá plataforma da AT&T a outras operadoras

Com a migração da rede principal 5G da AT&T para a nuvem da Microsoft, Azure, a companhia de softwares poderá revender a plataforma para outros operadores. Nesta semana, as companhias anunciaram que a Microsoft está adquirindo a tecnologia da plataforma da rede de nuvem da AT&T, que hospeda sua rede principal 5G. Os valores da transação não foram divulgados.

O principal software 5G da AT&T é o responsável por conectar usuários e dispositivos IoT. Pelos próximos três anos, a Microsoft se dedicará a levar a rede de nuvem da AT&T para a Azure. O negócio também envolveu o acesso pela Microsoft da propriedade intelectual da operadora. Assim, a Microsoft poderá alavancar o seu produto carro-chefe para telecomunicações, Azure para Operadores.

Igal Elbaz, vice-presidente de Tecnologia de Acesso e Sem Fio da AT&T, afirmou em entrevista a Mobile World Live que a ideia é ter uma plataforma de nuvem híbrida que funciona em nuvem pública. Isso não significa que a operadora está executando a operação em nuvem pública da forma que “conhecemos hoje”. “Estamos estendendo o Azure para a premissa da operadora”, explicou.

Para Elbaz, a possibilidade de vender a plataforma da AT&T beneficiará a indústria à medida em que o crescimento for crescendo. “Eu não acho que você irá querer ser o único cliente ou usuário de algo”, justificou.

Segundo nota da AT&T, a transição permitirá que a telco se concentre na entrega de serviços de rede em escala. Por sua vez, a Microsoft irá investir em um plataforma que permita transição simples e rápida da rede para a nuvem. A equipe de engenheiros da AT&T receberá propostas para se juntar a Microsoft.

A companhia de softwares iniciou seus projetos em telecomunicações em 2020 com a compra das Affirmed Networks e Metaswitch Networks. As empresas haviam auxiliado a AT&T na virtualização de sua rede principal. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)