Microsoft recorre a táticas questionáveis para convencer os usuários a experimentar o Microsoft Edge

Microsoft recorre a táticas questionáveis para convencer os usuários a experimentar o Microsoft EdgeO Microsoft Edge é o novo navegador da Microsoft e a empresa realmente deseja que os usuários experimentem esse aplicativo. Todavia, parece que isso não convenceu a equipe do Edge a adotar uma abordagem mais amigável.
A princípio, os usuários encontraram pop-ups agressivos que aparecem ao pesquisar no Bing, mesmo se eles já estivessem usando o Microsoft Edge! Por mais estranho que isso possa parecer, os pop-ups de download do Microsoft Edge são exibidos ao pesquisar o Chrome ou o Firefox no Bing (mesmo ao usar o próprio Edge). A página de resultados de pesquisa do Bing agora exibe vários pop-ups para convencer os usuários a baixar o navegador, incluindo um banner que aparece na parte inferior da tela.

Microsoft recorre a táticas questionáveis para convencer os usuários a experimentar o Microsoft Edge

Obviamente, não faz sentido para a Microsoft recomendar aos usuários que baixem o Edge quando eles já estão executando o navegador. Portanto, esse impulso agressivo se aproxima de uma abordagem usada por infecções por malware.
Microsoft recorre a táticas questionáveis para convencer os usuários a experimentar o Microsoft EdgePor mais estranho que isso possa parecer, os pop-ups de download do Microsoft Edge são exibidos ao pesquisar o Chrome ou o Firefox no Bing (mesmo ao usar o próprio Edge).
Um engenheiro do Microsoft Edge reivindica que o feedback já foi encaminhado à equipe de marketing do Microsoft Edge:
Lamentamos muito que essas notificações estejam comprometendo sua navegação, especialmente ao usar o Microsoft Edge! Certamente, essa não é a experiência que pretendemos fornecer e levamos a sério relatórios como esse. Nós trabalhamos em estreita colaboração com a equipe de Marketing, por isso transmitirei isso a eles.
Enquanto isso, o Microsoft Edge continua melhorando e, embora ainda esteja longe de ultrapassar o Google Chrome em participação de mercado global, ele já se tornou o navegador de desktop número dois do mundo (como o navegador padrão no Windows 10).
Fonte: Softpedia

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.