Microsoft anuncia novos recursos de IA para segurança na RSA

microsoft-anuncia-novos-recursos-de-ia-para-seguranca-na-rsaA inteligência artificial está mudando a sociedade com sua capacidade de melhorar o acesso aos serviços de saúde, proteger animais ameaçados e muito mais. Mas empresas criminosas estão usando a tecnologia para criar ameaças sofisticadas, capazes de afetar uma grande variedade de dispositivos e serviços.
Com o poder da nuvem e a combinação certa de IA e especialistas de segurança, é possível combater esses ataques e aprimorar os recursos de cibersegurança. Por exemplo, as soluções da Microsoft no setor ajudam a identificar e responder ameaças 50% mais rápido do que era possível há apenas 12 meses. Além disso, elas são capazes de automatizar 97% das tarefas rotineiras que ocupam o valioso tempo dos profissionais.
A Microsoft está anunciando novos recursos em IA e automação para levar o poder da nuvem a mais profissionais de segurança, que atuam na linha de frente contra as ameaças virtuais.

Disponível a partir desta semana, o Microsoft Threat Protection faz todo o trabalho pesado, monitorando proativamente usuários, email, aplicativos e endpoints. Ao usar a IA e a automação, ele reúne alertas e executa ações. O Microsoft Threat Protection descarta os itens irrelevantes e intensifica os sinais que podem passar despercebidos, o que libera a equipe para se concentrar em incidentes que realmente precisam de atenção.

 

O Microsoft Threat Protection também se baseia no Microsoft Defender Advanced Threat Protection (ATP) para garantir a segurança do endpoint. O ATP permite proteção preventiva, detecção pós-violação e investigação automatizada. Estamos anunciando sua disponibilidade para Linux, além de planos para iOS e Android.

Como o primeiro SIEM nativo da nuvem com tecnologia de fusão AI, o Azure Sentinel avaliou quase 50 bilhões de sinais suspeitos em dezembro de 2019, que seriam impossíveis de serem analisados manualmente. A Microsoft foi a primeira grande empresa de nuvem a abraçar a realidade de empresas híbridas e com várias nuvens, com mais de 60% das parceiras usando duas ou mais plataformas. Para proteger ainda mais as nuvens de nossos clientes, anunciamos a disponibilidade do conector do Azure Sentinel para IoT, além da capacidade de importar logs do AWS CloudTrail para o Azure Sentinel, sem custo adicional, de 24 de fevereiro a 30 de junho de 2020.

 

Hoje, a proteção de uma empresa não se trata apenas de cuidar dos atacantes externos, mas também de gerenciar riscos internos, como o roubo de IP por funcionários que estão saindo da empresa. Considerada a primeira solução integrada de gerenciamento de riscos internos nascida na nuvem, a Insider Risk Management no Microsoft 365 permite que os clientes resolvam os problemas sem agentes para implantar ou inserir dados de configuração. O serviço estará disponível nos próximos dias.

Para mais informações sobre esses anúncios, leia o texto no Blog oficial da Microsoft escrito por Ann Johnson, vice-presidente corporativo de solução de segurança cibernética da Microsoft.

FONTE: Blog SempreUpdate
(Excelente website de notícias! Recomendo!)