MATE 1.26 chega com melhorias e suporte ao Wayland

Há vários dias e após quase um ano e meio de desenvolvimento, foi anunciado o lançamento da nova versão do ambiente desktop Mate 1.26, dentro do qual continuou o desenvolvimento do código base do GNOME 2.32, mantendo o conceito clássico de criar um desktop. Nesta nova versão do Mate 1.26, a portabilidade dos aplicativos MATE para o Wayland foi continuada. Para trabalhar sem estar vinculado ao X11 no ambiente Wayland, o visualizador de documentos Atril, o monitor do sistema, o editor de texto Pen, o emulador de terminal e outros componentes da área de trabalho são adaptados. Portanto, o novo MATE 1.26 chega com melhorias e suporte ao Wayland.

Principais novos recursos do MATE 1.26

As capacidades do editor de texto Caneta foram significativamente expandidas , já que foi adicionado um minimapa geral que permite capturar o conteúdo de todo o documento de uma vez,  um modelo de fundo em forma de grade foi proposto para facilitar o uso da Caneta como um caderno. Além disso, um novo sistema de plug-in foi adicionado ao editor de texto, com o qual o Pluma pode ser transformado em um IDE completo com recursos como colchetes de fechamento automático, blocos de código de comentário, preenchimento automático e um terminal integrado.

No Configurador (Centro de Controle), opções adicionais são implementadas na seção de configuração da janela . Uma opção foi adicionada à caixa de diálogo de configurações de exibição para controlar a escala da exibição.

O sistema de exibição de notificações agora tem a capacidade de inserir hiperlinks em mensagens, foi adicionado suporte para o miniaplicativo Não perturbe, que desativa temporariamente a exibição de notificações. Embora o miniaplicativo para exibir a lista de janelas abertas agora tenha uma opção para desativar a rolagem do mouse e a exibição de miniaturas de janela, que agora são renderizadas como superfícies do Cairo, teve maior clareza.

A calculadora foi traduzida para usar a biblioteca GNU MPFR/MPC , que fornece cálculos mais rápidos e precisos, além de funções adicionais, a capacidade de visualizar o histórico de cálculos e redimensionar a janela foi adicionada, além de aumentar significativamente a velocidade de fatoração de inteiro e exponenciação de módulo.

O plugin de classificação de conteúdo agora tem a capacidade de reverter as alterações, uma combinação de teclas “Ctrl + Y” foi adicionada para ativar / desativar a exibição de números de linha e a caixa de diálogo de configurações foi redesenhada.

Uma nova barra lateral com abas foi adicionada ao gerenciador de arquivos Caja , a função de formatar discos foi adicionada ao menu de contexto, além de que através do plugin Caja Actions, é possível adicionar botões ao menu de contexto exibido na área de trabalho para iniciar qualquer programa.

MATE 1.26 chega com melhorias e suporte ao Wayland

MATE 1.26 chega com melhorias e suporte ao Wayland

A rolagem por grandes documentos foi significativamente acelerada no Lectern Document Viewer, substituindo as pesquisas lineares por pesquisas em árvore binária.Consumo de memória reduzido, pois o componente do navegador EvWebView agora carrega apenas quando necessário.A confiabilidade de restaurar a posição das janelas minimizadas foi aprimorada no gerenciador de janelas do Marco.Suporte para formatos EPUB e ARC adicionais foi adicionado ao programa para trabalhar com arquivos Engrampa, bem como a capacidade de abrir arquivos RAR criptografados é fornecida.Power Manager foi movido para usar a biblioteca libsecret.Adicionada opção para desligar a luz de fundo do teclado.Diálogos “Sobre” atualizados.Erros cumulativos e vazamentos de memória foram eliminados.A base de código para todos os componentes relacionados à área de trabalho foi redesenhada.Um novo site wiki foi lançado com informações para novos desenvolvedores.Arquivos atualizados com traduções.O Netspeed Traffic Indicator expandiu as informações padrão e adicionou suporte para links de rede.

Por fim, caso tenha interesse em saber mais sobre o assunto, consulte os detalhes no link a seguir.

Via DesdeLinux

FONTE: Blog SempreUpdate
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!