Mageia 8 tem Kernel 5.7 e suporte aprimorado ao ARM

Mageia 8 tem Kernel 5.7 e suporte aprimorado ao ARMA distribuição Mageia já começou o desenvolvimento da série 8 inicia e tem o novo Linux Kernel 5.7 além de suporte aprimorado ao ARM. A distro já possui um primeiro lançamento alfa que a comunidade pode baixar e testar se quiserem ajudar os desenvolvedores a corrigir bugs antes do lançamento final ou conhecer rapidamente os novos recursos e melhorias.
Donald Stewart anunciou a disponibilidade geral do Mageia 8 Alpha 1, o primeiro passo para o próximo grande lançamento desta grande distribuição GNU/Linux que continua o legado do sistema operacional Mandrake Linux.
E está repleto de novidades, começando com a série mais recente do kernel Linux 5.7 e continuando com melhor suporte para dispositivos ARM com imagens dedicadas para alguns dos mais populares deles nos próximos meses, bem como um instalador muito aprimorado melhor suporte para os sistemas de arquivos F2FS (Flash-Friendly File System) e NILFS2.

Mageia 8 tem Kernel 5.7 e suporte aprimorado ao ARM

Mageia 8 tem Kernel 5.7 e suporte aprimorado ao ARM
O Mageia 8 também promete inicialização e instalação mais rápidas devido ao uso do algoritmo de compactação de dados em tempo real sem perdas Zstd (Zstandard) que a maioria das distribuições GNU/Linux está adotando atualmente. Além disso, o Zstd está sendo usado para acelerar a análise de metadados do pacote no gerenciador de pacotes urpmi.
Os desenvolvedores da Mageia migraram com sucesso do Python 2, que não é mais suportado pelo upstream. O Python 3 agora é o novo padrão para a maioria das distribuições GNU/Linux e o Mageia 8 o suportará totalmente, pois a maioria dos módulos e aplicativos do Python 2 foi removida.

Mageia em 3 opções

Como esperado, o Mageia 8 será lançado em três edições diferentes, com os ambientes de desktop KDE Plasma, GNOME e Xfce. Esta primeira versão alfa inclui o KDE Plasma 5.19.1, GNOME 3.36 e Xfce 4.15.2. Os ambientes KDE Plasma e GNOME vêm com uma melhor integração de metadados do AppStream.
Por outro lado, também há melhor suporte de hardware. Assim, o Mageia 8 deve funcionar bem em alguns dos computadores mais recentes, especialmente nos laptops NVIDIA Optimus. Da mesma forma, nos PCs com placas gráficas AMD Radeon. As mais recentes pilhas gráficas Mesa 20.1 e X.Org Server 1.20.7 também estão presentes.
Além disso, a distribuição será lançada com o mais recente sistema de gerenciamento de pacotes RPM 4.16. Ele traz muitas melhorias e novos recursos, como detecção e otimização automáticas de unidades SSD e suporte para metadependências. O DNF 4.2.19 também está presente como um gerenciador de pacotes alternativo.

Mageia para baixar

As mais recentes tecnologias GNU também estão sendo usadas, incluindo o compilador do sistema GCC (GNU Compiler Collection) 10.1.1 e a GNU C Library (glibc) 2.31. Mais detalhes sobre todas as alterações incluídas no Mageia 8 estão disponíveis nas notas de versão completas.
Se você deseja levar o Mageia 8 alpha 1 para um test drive, pode baixar a instalação ou imagens live agora mesmo no site oficial. No entanto, lembre-se de que esta é uma versão de pré-lançamento, inadequada para qualquer trabalho de produção. Se você encontrar algum erro, informe-os aqui. O Mageia vem em versões de 32 e 64 bits.
9to5 Linux

FONTE: Blog SempreUpdate
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.