macOS é alvo de ataques de adware em todo o mundo!

Parece inofensivo, mas não é. Check Point Software emite alerta sobre tendência de ataques ao macOS devido ao relaxamento dos usuários em torno da segurança Apple. Hoje, a Check Point Research (CPR), emitiu um alerta global para todos que usam dispositivos macOS. Nos últimos anos os riscos a ataques envolvendo o sistema da Apple tem sido subestimado. No entanto, o número de malwares vem crescendo e não dá mais para rotular o sistema como imune a tudo. Hoje, conheça o adware Pirrit.

Como dito no primeiro parágrafo, centenas de amostras de código malicioso foram identificadas semanalmente. No entanto, todos possuem como alvo o macOS, a CPR alerta as organizações que usam o dispositivos com macOS e também seus usuários, que não subestimem a segurança dos dispositivos. Ou melhor, não confiem 100% que estão imunes a todo tipo de malware, pois não estão.

Adware Pirrit é a ameaça mais predominante em computadores macOS

O famoso Adware Pirrit voltou a tomar conta do cenário, só que desta vez o seu alvo não é o Windows. Para aqueles que não estão familiarizados com o termo Adware, saiba que é um código malicioso que tenta, além de muitas outras coisas, instalar softwares ou exibir conteúdo publicitário não autorizado.

Com o Adware Pirrit é possível receber mensagens falsas de erros do sistema, vírus e outros, estimulando o clique em um de seus anúncios e infectando computador ou quem sabe toda uma rede corporativa. Mas, não pense que é simples removê-lo, demora tempo e muita dor de cabeça. O malware tem a capacidade de se reproduzir ou de reinstalar qualquer parte dele que seja removido.

Além disso, se você costuma acessar contas bancárias ou sites com dados sensíveis, este mesmo malware pode roubar estes dados e enviá-los ao seu criador. Inclusive, a localização do dispositivo pode render alguns prejuízos a uma rede corporativa que se preocupa com a sua integridade no tráfego de dados.

Sobre o Adware Pirrit

O Adware Pirrit já é conhecido, e é uma variante de um adware para Windows que está ativo desde 2014. No entanto, para o mundo do macOS ele foi identificado somente em 2016. Hoje, o não temido adware para macOS, pode exibir anúncios não solicitados, tomar controle de um dispositivo infectado e até roubar informações.

Adware Pirrit é a ameaça mais predominante em computadores macOSFonte: CyberReason

Apesar de os números não serem tão dramáticos quanto no ambiente Windows, é necessário enfatizar a segurança independentemente do dispositivo e sistema operacional. Qualquer ataque bem-sucedido pode ter sérias consequências, especialmente num ambiente corporativo”, informa Fernando de Falchi, gerente de Engenharia de Segurança da Check Point Software Brasil. “Além disso, mesmo as ameaças aparentemente mais fracas podem ser utilizadas para infectar sistemas com malware mais destrutivo. A longo prazo, veremos um aumento de ameaças e ataques em dispositivos que rodam sistemas operacionais Apple, e um crescimento dos ataques em dispositivos móveis, nos quais os riscos são subestimados.

Por fim, os especialistas da Check Point ainda avisam que a solução ainda é prevenção, ainda que isso seja uma conversa batida e que todo mundo sabe, muitos não estão atentos. Além disso, o usuários do macOS também estão sujeitos a técnicas de engenharia social como o famoso pishing.

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.