Lucro da Positivo Tecnologia cresce 7% no 3º trimestre

A Positivo Tecnologia superou a receita total de 2020 e cresceu 78% no acumulado de nove meses deste ano, quando comparada com o período anterior. Entre janeiro e setembro, a receita bruta alcançou R$ 2,7 bilhões. No terceiro trimestre de 2021, a receita bruta da Companhia foi de R$ 979 milhões, 63% a mais que no terceiro trimestre de 2020.

O lucro líquido também cresceu. Atingiu R$ 54 milhões no 3T2021, aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos nove primeiros meses de 2021, o lucro líquido é de R$ 161 milhões, três vezes maior que o registrado no mesmo período de 2020. Outro destaque foi o resultado recorde de EBITDA de 12 meses de R$ 348 milhões, avanço de 226%.

A constante demanda por hardware, sobretudo computadores nos segmentos Corporativo e Instituições Públicas, permitiu que a Positivo Tecnologia completasse os nove meses deste ano com forte crescimento da Receita Bruta.

Tendências como os modelos híbridos de trabalho e estudo continuam impactando significativamente no padrão de uso e consumo de notebooks, desktops e servidores, mesmo com a gradual retomada do modo presencial nos escritórios e instituições de ensino, devido à uma demanda maior por renovação do parque tecnológico de empresas e escolas.

No terceiro trimestre de 2021, o EBITDA ajustado da Positivo Tecnologia alcançou R$ 89,2 milhões, 29,2% superior ao 3T2020 e com margem de 10,8%. Entre janeiro e setembro, o índice fechou em R$ 252,6 milhões, 274% superior em comparação com os mesmos nove meses do ano passado.

Unidades de Negócio

Em PCs, no segmento Consumer, a companhia está com o licenciamento da marca e incorporação das operações da Compaq desde abril. Em outubro, anunciou a parceria para trazer ao Brasil a Infinix, marca de smartphones premium da empresa global Transsion Holdings, para ampliar portfolio na faixa de preços intermediária de R$1.000 a R$2.999, considerada a maior do mercado.

Os modelos da Positivo e Vaio completam o portfólio de computadores e incrementaram a receita dessa unidade de negócios, além dos produtos de Positivo Casa Inteligente.

Como reflexo da necessidade de renovação dos parques tecnológicos de empresas e instituições de ensino, a unidade de Negócios Corporativos apresentou um dos melhores resultados da história da Companhia no terceiro trimestre deste ano, resultando no crescimento recorde de 120% em HaaS no 3T21, em comparação com o 3T20. Outro destaque, é a conquista comercial importante realizada no período, expandindo a penetração no mercado brasileiro de soluções de pagamento com um contrato firmado com a adquirente Stone.

A unidade de negócios Instituições Públicas também cresceu. O resultado reflete o aumento de contratos de licitações na área de Educação e de bancos públicos. A Positivo Tecnologia venceu editais para fornecimento de serviços envolvendo totens junto à PRODESP; notebooks para o Banco do Brasil; smartphones para os Correios; desktops e notebooks para a Petrobrás; e, recentemente, o fornecimento de HaaS para a companhia de Saneamento do Paraná.

“Nossos negócios seguem avançando. Ultrapassamos em nove meses a receita bruta de todo ano passado, triplicamos o lucro e alcançamos R$ 348 milhões de EBTIDA dos últimos 12 meses, novo recorde histórico. Vamos continuar trabalhando para que possamos gerar bons resultados e tornar ainda mais sólida nossa liderança no setor de tecnologia”, conclui Hélio Rotenberg, presidente da Positivo Tecnologia. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)