Lira diz que carga tributária sobre a renda pode ser reduzida em R$ 50 bi

Arthur Lira (PP – AL), Presidente da Câmara dos Deputados

O relator da reforma tributária, deputado Celso Sabino (PSDB – PA), estuda reduzir em R$ 50 bilhões a carga tributária sobre a renda do capital produtivo e dos trabalhadores. É o que afirma o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP -AL).

Sabino é o relator do projeto de lei 2337/21, que trata das alterações de cobrança no Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas, e da tributação de lucros e dividendos.

Outro projeto, cujo relator é o deputado Luiz Carlos Motta (PL -SP), cria a CBS, com alíquota de 12%, em substituição ao Programa de Integração Social-PIS e à Contribuição para Financiamento da Seguridade Social-Cofins.

“A Câmara dos Deputados entregará uma reforma estruturante do Imposto de Renda, que promoverá uma grande geração de emprego e renda nos próximos anos. Faremos justiça fiscal e simplificação do sistema tributário”, afirmou Lira, em suas redes sociais.

Na semana passada, mais de 100 entidades representativas dos mais diversos setores da economia brasileira, dentre elas Abert, Conexis Brasil Digital, Febratel e Abinee, encaminharam ofício aos líderes e ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. No texto, criticam a reforma tributária encaminhada pelo Ministro Paulo Guedes à Casa no final de junho. As entidades alertam para impactos negativos na economia das propostas contidas no PL 2337/2021.

FONTE: TeleSíntese
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.