Linux Mint 20.1 “Ulyssa” já está disponível para download

Linux Mint 20.1 “Ulyssa” já está disponível para downloadCom um atraso de aproximadamente duas semanas, o superesperado sistema operacional Linux Mint 20.1 “Ulyssa” já está disponível para download. E vem nos sabores Cinnamon, MATE e Xfce nos servidores de download oficiais. O Linux Mint 20.1 tem como base o lançamento pontual do Ubuntu 20.04.1 LTS na série Focal Fossa. Além disso, vem com a série de kernel Linux 5.4 com suporte de longo prazo. O suporte vai até 2025.
Como esperado, o Linux Mint 20.1 inclui vários refinamentos, pacotes atuais, bem como alguns novos recursos para tornar sua experiência com o Linux Mint mais agradável. No entanto, se você já estiver usando o Linux Mint 20 e tiver todas as atualizações em seu sistema, não há necessidade de baixar as novas imagens ISO.

Linux Mint 20.1 “Ulyssa” já está disponível para download. Veja as novidades:

Linux Mint 20.1 “Ulyssa” já está disponível para download
Uma das principais mudanças neste lançamento é um novo aplicativo chamado Web Apps, que permite transformar qualquer site em um aplicativo de desktop. Todos os aplicativos da Web são executados em sua própria janela e têm seus próprios ícones, aparecem no menu de aplicativos, no painel e no seletor Alt-Tab, podem ser fixados no painel e você pode criar quantos aplicativos da Web desejar ou precisar.
É mais fácil realizar várias tarefas entre aplicativos na área de trabalho do que entre guias em um navegador da web. À medida que mais e mais ferramentas úteis estão disponíveis na Web, era importante para o Linux Mint tornar mais fácil a criação de aplicativos da Web, disse Clement Lefebvre, Líder do Projeto Linux Mint.
Outro novo aplicativo no Linux Mint 20.1 é o Hypnotix, um reprodutor de IPTV para listas de reprodução M3U. Está incluído em todas as três edições, suporta TV ao vivo, suporta filmes e programas de TV e vem com um provedor de IPTV gratuito chamado Free-IPTV, que oferece canais de TV ao vivo gratuitos e disponíveis publicamente.

Entre as melhorias que surgiram no Linux Mint 20.1 estão:

há um suporte melhor para impressoras e scanners HP graças aos drivers HPLIP mais recentes;
reprodução acelerada de vídeo por hardware por padrão no reprodutor de mídia Celluloid;
PackageKit como gerenciador de driver padrão e navegador da web Chromium como um pacote nativo.

Alguns dos aplicativos Linux Mint desenvolvidos internamente também foram atualizados nesta versão. Por exemplo:

o editor de texto Xed agora pode fechar automaticamente os colchetes ao editar o código-fonte;
editor de imagem Pix agora pode filtrar imagens por classificação;
e o visualizador de documentos Xviewer agora apresenta comportamentos configuráveis das rodas do mouse primário e secundário.

Além disso, vale a pena mencionar o fato de que agora você pode configurar o formato do relógio na tela de login. Além disso, o Linux Mint 20.1:

apresenta um layout de sistema de arquivos unificado agora é fornecido por padrão;
a fusão dos diretórios /bin, /sbin, /lib, e /lib64 com /usr/bin, /usr/sbin, /usr/lib, e /usr/lib64.

Além de tudo isso, a edição principal do Cinnamon apresenta o melhor e mais recente ambiente de desktop Cinnamon 4.8, que traz novos recursos e várias melhorias;
e uma opção “Adicionar aos favoritos” em todos os aplicativos Linux Mint e aplicativos GTK3 que o torna mais fácil para marcar e acessar seus arquivos favoritos.
A edição MATE vem com o ambiente de desktop MATE 1.24 mais recente. Por outro lado, a edição Xfce com o ambiente de desktop Xfce 4.14, já que o recém-lançado Xfce 4.16 não entrou.
Você pode baixar Linux Mint 20.1 “Ulyssa” agora mesmo dos servidores de download usando os links abaixo.
Linux Mint 20.1 Cinnamon
9to5 Linux

FONTE: Blog SempreUpdate
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!