Leilão de 700 MHz na Espanha movimenta € 1 bi

Leilão ainda não tem data para acontecer

A Espanha concluiu hoje, 21, seu leilão do espectro de 700 MHz. Participaram da disputa os grupos Orange, Telefónica e Vodafone. Cada uma das operadoras adquiriu um bloco de 2×10 MHz. Tanto a Orange quanto a Vodafone pagaram € 350 milhões por seus blocos, enquanto a aquisição da Telefónica custou um pouco menos, cerca de € 310 milhões.

As frequências serão destinadas a serviço na tecnologia 5G. Com a aquisição, a Orange se tornou a operadora com mais frequências para implantar a quinta geração no país ibérico. A provedora de origem francesa já havia adquirido 110 MHz no espectro entre 3,4 GHz e 3,8 GHz, tendo investido na faixa um total de € 523 milhões. A companhia tem a meta oferecer cobertura 5G a metade da população espanhola neste ano.

A Telefónica também tem obrigações de levar a quinta geração para todos os municípios  da Espanha com população acima de 20 mil até junho de 2025. Isso também inclui aeroportos, portos e estações de trens, bem como rodovias e estradas. No leilão do espectro 3,5 GHz, a operadora adquiriu 100 MHz. 

A Vodafone informou ainda que o espectro está sujeito a uma taxa anual de reserva de espectro de € 15,5 milhões. A duração da concessão do espectro é de 20 anos e a renovação será concedida automaticamente par mais 20 anos. A provedora arrematou menos espectro do que as outras duas no leilão de 3,5 GHz, conseguindo 90 MHz na faixa de 3,7 GHz. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.