Leilão 3,7 GHz dos EUA ultrapassa recorde de arrecadação no país

O Leilão 107 dos Estados Unidos, que oferece frequência da 3,7 GHz (banda C) ainda está em andamento, mas já alcançou quase US$ 60 bilhões hoje, 22, após 40 rodadas. O valor se tornou o maior da história do país ao superar o leilão do espectro AWS-3 (serviços sem fio avançados). O certame de 2015 acumulou US$ 45 bilhões após 341 rodadas e 45 dias.

De caráter arrecadatório, o atual leilão da banda C irá distribuir 280 MHz dos espectros 3,7 GHz a 3,98 GHz com flexibilidade de uso, o que inclui aplicação para o 5G. A licitação começou no dia 8 de dezembro e dispõe de 57 licitantes. Dentre eles, AT&T , Verizon e a T-Mobile, operadoras que mais irão gastar na licitação da banda C. AT&T e Verizon foram os dois maiores investidores do leilão de 2015, despendendo US$ 18 bilhões e US$ 10 bilhões, respectivamente.

A AT&T, dona da Sky Brasil, já chega ao leilão com uma situação financeira sensível após a aquisição da Time Warner por 85 milhões em 2018. Enquanto isso, a Verizon acumulou 12 bilhões com a venda de títulos em novembro deste ano. Parte dessa receita estaria destinada para compra de espectro. Por sua vez, a T-Mobile deve dar lances na banda C tanto para fortalecer sua rede quanto para pressionar a AT&T a pagar mais caro pelas frequências.

A Comissão Federal de Comunicações (FCC), responsável pela licitação do espectro, só irá divulgar os vencedores ao fim do leilão. O evento inclui diversas rodadas por dia e só terminará quando os licitantes pararem de dar lances. (Com agências internacionais)

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)