Lançado GNU Linux-Libre Kernel 5.9

Lançado GNU Linux-Libre Kernel 5.9E logo depois de Linus Torvalds ter anunciado o novo kernel Linux 5.9, Alexandre Oliva informa que foi lançado o Lançado GNU Linux-Libre Kernel 5.9. Este é uma versão para quem busca 100% de liberdade para o seu computador pessoal e não quer rodar nenhum código proprietário. Porém, ele mantém como base a série de kernel Linux 5.9 lançada recentemente.
O kernel GNU Linux-libre 5.9 não possui qualquer código proprietário e drivers do kernel Linux upstream para fornecer à comunidade um kernel 100% livre que podem instalar em seus próprios computadores. Esta versão inclui um novo nome de blob para tela sensível ao toque x86, deblobbing para um novo driver rtw8821c Wi-Fi, limpeza de um novo driver de suporte SoC para MediaTek mt8183 para desativar solicitações de blobs e várias alterações para AMDGPU, mt7615, Intel i915 (CSR ), Drivers Mellanox mlxsw (Spectrum3) e r8169 (rtl8125b-2).
Além disso, o kernel GNU Linux-Libre 5.9 limpa vários códigos e documentação. Nesta ocasião, o desenvolvedor também informou a comunidade sobre o uso do software GNU awk e GNU sed para verificação de tarballs.
“Algumas pessoas parecem ter percebido que estávamos nos afastando do GNU awk ou GNU sed e em direção ao Python e Perl”, disse Alexandre Oliva. “GNU awk continua sendo o mais eficiente para verificar tarballs inteiros, enquanto o Python continua sendo o mais eficiente para limpar arquivos individuais.”

Lançado GNU Linux-Libre Kernel 5.9

Lançado GNU Linux-Libre Kernel 5.9
Se você deseja construir um computador pessoal 100% gratuito, você pode baixar o kernel GNU Linux-Libre 5.9 agora mesmo do site oficial. Este kernel Linux baseado em GNU é compatível com todas as distribuições GNU/Linux, bem como com o sistema operacional GNU.
O kernel Linux 5.9 apresenta vários novos recursos e melhorias, como suporte para compactação Zstandard (Zsdt) para construção de kernels x86, suporte para instruções x86 FSGSBASE, suporte para criptografia em linha para os sistemas de arquivos EXT4 e F2FS, suporte para Intel “Keem Bay” Movidius VPUs, novos recursos para o sistema de arquivos Btrfs e muito mais.

FONTE: Blog SempreUpdate
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.