IPFire ganha sistema de DNS renovado

IPFire ganha sistema de DNS renovadoO IPFire, a distribuição GNU/Linux de firewall de código aberto e gratuito, acabou de receber a atualização mais emocionante da nova década. Assim, o IPFire 2.25 Core Update 141 ganha um sistema DNS renovado e muitas outras vantagens.
Com base em GCC (GNU Compiler Collection) série de sistemas compiladores 9.2, o IPFire 2.25 Core Update 141 está aqui para apresentar um novo sistema DNS (Domain Name Server) que apresenta uma página de configurações unificada, a capacidade de adicionar mais de dois servidores DNS, Suporte a DNS sobre TLS, Suporte à Pesquisa segura, inicialização mais rápida e outras otimizações.

IPFire ganha sistema de DNS renovado

O IPFire agora usará automaticamente o servidor DNS mais rápido quando mais forem adicionados. Além disso, a administração do sistema agora pode filtrar facilmente o conteúdo adulto de toda a rede sem a necessidade de um proxy da web. Agora também é possível usar TLS e TCP como transporte em redes nas quais o ISP filtra as respostas DNS.
Para combater problemas de MTU, estamos seguindo as diretrizes e definimos o tamanho do buffer do EDNS para 1232 bytes. Isso evita que grandes respostas DNS sejam fragmentadas, mesmo em linhas da Internet com MTUs menores. Todas as configurações de DNS serão convertidas automaticamente. Isso também é compatível quando os backups mais antigos estão sendo restaurados, disse Michael Tremer.

A atualização principal do IPFire 2.25 141 e o suporte ao Python 2

IPFire ganha sistema de DNS renovado
Além das vantagens do DNS, a atualização também adiciona suporte às linguagens de programação Go e Rust, implementa o suporte ao Python 3 e substitui o suporte ao Python 2, além de oferecer suporte para dispositivos LVM (Logical Volume Manager).

Outras mudanças importantes incluem:

a capacidade do IPS (Sistema de Prevenção de Intrusões) interno de filtrar pacotes para clientes OpenVPN;
o suporte HTTPS está disponível para o Pakfire fazer o download de listas de espelhos;
e o suporte ao IPsec foi atualizado para oferecer compatibilidade com mais clientes.

Esta versão também é fornecida com novos componentes, como amazon-ssm-agent para melhor integração com a nuvem Amazon e rfkill uma ferramenta de linha de comando para ativar e desativar dispositivos sem fio.

Entre os componentes atualizados incluídos nesta versão, podemos mencionar:

efivar 35;
File 5.38;
Knot 2.9.2;
libhtp 0.5.32;
mdadm 4.1;
GNU MPC 1.1.0;
GNU MPFR 4.0.2;
Rust 1.39;
Suricata 4.1.6;
e Unbound 1.9.6 1.9.6.

Os complementos atualizados incluem:

dehydrated 0.6.5;
libseccomp 2.4.2;
GNU nano 4.7;
open-vm-tools 11.0.0;
Tor 0.4.2.5;
e Wireshark 3.0.7.

A atualização 141 do IPFire 2.25 Core está disponível para download agora no site oficial.
No entanto, a imagem de instalação atualizada é lançada apenas para novas instalações, pois os usuários existentes obterão todos esses benefícios se instalarem as atualizações mais recentes disponíveis nos repositórios de software estáveis.
Download do IPFire 2.25 141

FONTE: Blog SempreUpdate
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!