Internet Starlink da SpaceX começa a cumprir sua promessa de internet via satélite

Internet Starlink da SpaceX começa a cumprir sua promessa de internet via satéliteA SpaceX se candidatou ao fundo de até US$ 16 bilhões da FCC (Federal Communication Commission). O plano da SpaceX é levar a internet banda larga da Starlink a seis milhões de residências e empresas com velocidades de download de pelo menos 25 Mbps.
Como parte de sua apresentação, a Starlink mostrou testes de desempenho de internet com velocidades de download entre 102 Mbps a 103 Mbps, velocidades de upload de 40,5 Mbps e uma latência de 18 milissegundos a 19 milissegundos. Isso é muito melhor do que a internet via satélite convencional!

Internet Starlink da SpaceX começa a cumprir sua promessa de internet via satélite

Testes independentes de terceiros estão mostrando números de desempenho mais baixos. Os usuários que postam no TestMy.Net apresentam uma velocidade média de download de 37,04 Mbps, com uma velocidade máxima de 91,04 Mbps.
Outros testes mostram um download máximo de 103 Mbps, uma velocidade de upload de 41,99 Mbps e uma latência de 18 milissegundos. Em suma, ainda é uma banda larga muito melhor do que muitos usuários rurais têm.
Internet Starlink da SpaceX começa a cumprir sua promessa de internet via satéliteA SpaceX se candidatou ao fundo de até US$ 16 bilhões da FCC. O plano é levar a banda larga a seis milhões de residências e empresas com velocidades de download de pelo menos 25 Mbps.
Além disso, os satélites Starlink com Linux ainda estão em beta. E, com cerca de 775 satélites Starlink em órbita, o serviço está longe de sua meta inicial de 12.000 satélites. A SpaceX solicitou à FCC o lançamento de 30.000 satélites Starlink. De acordo com Elon Musk, a SpaceX precisa de cerca de 400 satélites Starlink para fornecer cobertura “menor” e 800 para cobertura “moderada”.
Recentemente, a SpaceX se candidatou a uma licença para lançar cinco milhões de terminais de usuário final em vez de seu pedido original de um milhão de terminais. Isso ocorreu depois que 700.000 residentes dos EUA se inscreveram para receber atualizações sobre a disponibilidade do serviço.
Por fim, uma leitura atenta do pedido da SpaceX para modificar as órbitas da constelação de satélites Starlink revela que a SpaceX está “no caminho para produzir milhares de terminais de usuário por mês, rumo a uma produção de alta taxa”. Se eles estão a caminho de produzir milhares, isso significa que agora estão produzindo apenas centenas de terminais por mês.
Fonte: ZDNET
Como a SpaceX usa o Linux para controlar seus foguetes e espaçonaves

FONTE: Blog SempreUpdate
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)