Intelsat prevê o corte de US$ 7 bilhões de sua dívida em plano de recuperação

A Intelsat divulgou sua proposta de reestruturação financeira. A operadora norte-americana de satélites pretende cortar a dívida pela metade, indo de quase US$ 15 bilhões para US$ 7 bilhões. A  empresa já solicitou a aprovação do plano de recuperação judicial na corte do Distrito de Virgínia, nos Estados Unidos, e uma audiência no dia 17 de março.

Com foco nas estratégias para segunda metade de 2021, o plano dispõe do apoio dos detentores de aproximadamente US$ 3,8 bilhões da dívida financiada da empresa. A estratégia acatará reivindicações de certos credores emitindo novas ações, com 95% delas destinadas a credores que requereram seus pagamentos na corte contra sua subsidiária Intelsat Jackson.

Desde maio do ano passado, a Intelsat participa de um processo recuperação judicial, conforme previsto pelo Capítulo 11 da Lei de Falências do Código Estados Unidos. Na época, a empresa afirmou que precisava de liquidez para realizar a limpeza da banda C e receber US$ 4,87 bilhões  referentes a migração de faixa. Com a aprovação e realização do plano apresentado agora, a empresa poderá sair da recuperação até o final de 2021. (Com agências internacionais)

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)