Inscrições dos projetos para o Anuário Tele.Síntese Inovação na reta final

A Momento Editorial já iniciou a produção da edição 2020 do Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações, que traz este ano uma nova categoria: Desenvolvedores de Aplicações Financeiras e Fintechs. Outra novidade é que a editora vai fazer uma homenagem ao setor de Tecnologia da Informação e Comunicações, pela significativa contribuição no enfrentamento da pandemia do Covid-19. “Sabemos que esse difícil momento pelo qual a humanidade está passando é amenizado com os serviços e tecnologias do setor, que mantiveram as pessoas, mesmo isoladas, próximas a seus familiares, produtivas para suas empresas e conectadas ao globo”, comenta Miriam Aquino, diretora da Momento Editorial e editora executiva do Anuário.

Desde sua primeira edição, em 2012, o Anuário Tele.Síntese recebe anualmente centenas de projetos de mais de 200 empresas, que são analisados por uma comissão de experts, que seleciona as melhores inovações para serem premiadas. Todos os produtos e serviços inscritos na base de dados são editados e ganham espaço no Guia de Serviços. A publicação também faz uma análise do setor e faz uma radiografia dos principais segmentos do mercado de telecomunicações brasileiro.

Os projetos escolhidos pela comissão de notáveis são premiados nas categorias: Operadoras de Serviços de Comunicações, Operadoras Regionais, Fornecedores de Produtos, Fornecedores de Software e Serviços, Fornecedores de Soluções de IoT e, a partir deste ano, Desenvolvedores de Aplicações Financeiras e Fintechs. A editora também dá um prêmio Tecnologia Nacional para a empresa que se destacar nesse quesito.

As inscrições para participar são gratuitas mas atenção ao prazo: 24 de julho encerra-se esta primeira etapa. Não deixe para a última hora. Cada empresa pode inscrever até três projetos por categoria. Os convites já foram enviados. Quem não recebeu ou tiver duvidas deve entrar em contato pelo telefone (11) 3124-7444 ou enviar email para anuario.telesintese@momentoeditorial.com.br. (Da Redação)

FONTE: TeleSíntese
Por mais esta excelente publicação, agradecemos.