IBM lança serviço de nuvem híbrida em parceria com a Lumen

A IBM acabou de disponibilizar seus serviços de nuvem híbrida para o público geral, tanto no local (on premises) quanto em nuvem, por meio do IBM Cloud Satellite. Ele que foi integrado a plataforma de edge da Lumen Technologies, que quadruplicou sua capacidade de fibra na América Latina em 2020. O serviço traz uma camada que unifica serviços de nuvem entre ambientes, independentemente de onde os dados estejam. Com isso, é possível aumentar a segurança de dados críticos.

Clientes poderão implementar aplicações em mais de 180 mil locais corporativos conectados na rede da Lumen, criar soluções habilitadas para nuvem na borda e construir plataformas abertas e interoperáveis. Por conta da aplicação poder ser hospedada em Red Hat OpenShift próximo de um local da Lumen Edge, câmeras e sensores podem funcionar em tempo quase real.

A empresa, também, estendeu o Watson Anywhere por meio da disponibilização do IBM Cloud Pak for Data as a Service com IBM Cloud Satellite. A ferramenta utiliza inteligência artificial para criar insights e automatizar processos. A EquBot, uma fintech que ajuda profissionais de investimentos em todo o mundo, utiliza o serviço. Em seu trabalho houve uma redução de latência de dez segundos para menos de um segundo em alguns dos modelos de tempo críticos.

Para desenvolver novos serviços de nuvem com IBM Cloud Satellite,a empresa conta com 65 parceiros do ecossistema, incluindo Cisco, Dell Technologies e Intel. Os parceiros de infraestrutura oferecem soluções de armazenamento, rede e servidor para ajudar os clientes a aproveitar infraestruturas existentes para implementar locais de IBM Cloud Satellite em datacenters ou na borda. Já os parceiros de serviços oferecerão serviços de migração e implementação.

Os clientes do IBM Cloud Satellite também podem acessar ofertas de softwares certificados em Red Hat OpenShift, que podem ser implementados para rodar em Red Hat OpenShift. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.