IBM desenvolve computador quântico de 1000 Qubit

IBM desenvolve computador quântico de 1000 QubitA IBM planeja para em pouco tempo lançar um super computador quântico de 1000 Qubit que a empresa já desenvolve. A expectativa é de que ele fique totalmente pronto até 2023. É um setor que está progredindo a passos largos. O Google recentemente mostrou desenvolvimentos promissores nesse campo. A Honeywell, outra empresa americana, afirmou recentemente ter o “computador quântico mais poderoso do mundo”.
A IBM teria dito que está construindo um processador quântico com cerca de 10 a 50 qubits lógicos até 2023. Os processadores quânticos atuais da IBM chegam a 65 qubits. Porém, ela planeja lançar um chip de 127 qubit no próximo ano, um de 433 qubit em 2022, eventualmente atingindo a meta de 1.000 qubits.
A empresa também está construindo um novo refrigerador de diluição para armazenar os chips maiores. Além disso, a IBM trabalha em maneiras de conectar várias unidades para alcançar a funcionalidade próxima ao processamento de vários núcleos de hoje.

IBM desenvolve computador quântico de 1000 Qubit

IBM desenvolve computador quântico de 1000 Qubit

Computadores normais lidam com bits e computadores quânticos lidam com qubits. Embora os bits sejam definidos como ‘0s’ e ‘1s’, os qubits podem ser um ou ambos ao mesmo tempo. Simplificando, a flexibilidade superior dos qubits é o que dá aos computadores quânticos sua velocidade extremamente rápida.
A supremacia computacional da computação quântica provavelmente será útil para muitos propósitos. Aplicativos como inteligência artificial, cibersegurança e criptografia provavelmente serão os mais beneficiados. É assim porque esses aplicativos requerem grandes quantidades de processamento de dados em velocidades extremamente rápidas para fornecer resultados precisos.

Dario Gill, VP de IA da IBM, disse:

O futuro será onde trilhões de circuitos quânticos serão executados todos os dias em hardware quântico nos bastidores por meio desses serviços habilitados para nuvem incorporados em aplicativos de software.
Ele também disse que a indústria está em um ponto complexo onde os participantes individuais não podem fazer as coisas por conta própria. É uma oportunidade para eles trabalharem em áreas especializadas.

FONTE: Blog SempreUpdate
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)