Huawei busca reverter seu banimento na Suécia

huawei

A Huawei indicou que continuará em lutas judiciais para derrubar a proibição de sua participar da implantação 5G no Suécia, após seu recurso em uma corte ter sido negado.

Em janeiro deste ano, a corte sustentou a decisão do regulador de telecom Swedish Post and Telecom Agency (PTS) de proibir que provedores utilizem equipamentos da Huawei para a implementação de infraestrutura 5G. Além disso, o regulador determinou que as telcos deveriam remover todos os equipamentos Huawei a partir de 2025. A justificativa do PTS se baseou em possíveis ameaças à segurança de informações e comunicação de usuários.

Agora, a companhia está estudando a decisão e os motivos da corte para determinar quais medidas judiciais tomarão. “Nossa porta permanece aberta para construir diálogos com as partes relevantes a fim encontrar soluções práticas para mitigar qualquer preocupação em relação à segurança”, disse.

A companhia ainda afirmou que o PTS falhou em produzir evidências que provassem suas acusações de insegurança dos equipamentos. “Nós encorajamos autoridades suecas relevantes a se basearem em fatos objetivos, imparciais e padrões de cibersegurança verificáveis”, criticou.

A substituição dos produtos da Huawei já teve início. Em maio, a Nokia anunciou que ter sido selecionada juntamente com a Ericsson pela Net4Mobility, grupo de operadoras suecas, para fornecimento de equipamentos durante cinco anos. O grupo era cliente da Huawei e havia utilizado produtos da companhia para entregar conectividade 4G. (Com agência internacional)

FONTE: TeleSíntese
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!